Oi, o que você está procurando?

INVESTIGAÇÃO

Mulher será investigada por deixar filho de 11 anos vender cocada na rua durante a noite

O menino alegou que queria juntar dinheiro para comprar um caderno

Imagem Ilustrativa

Uma mulher de 33 anos, moradora no Jardim Atlântico, em Araçatuba, será investigada e poderá ser indiciada pelo crime de abandono de incapaz, por permitir que o filho de apenas 11 anos saísse de casa a noite para vender cocada em uma praça na região central da cidade. O menino alegou que queria juntar dinheiro para comprar um caderno.

O caso foi parar na polícia na noite desta sexta-feira (12) depois que testemunhas viram a criança na praça Getúlio Vargas, vendendo cocada, na companhia de um rapaz de 18 anos, e acionaram o Conselho Tutelar. Em Araçatuba tem sido comum essa prática, os vendedores levam as crianças e ficam à distância esperando, enquanto as crianças oferecem e tentam vender os produtos, desde cocadas a trufas e cones recheados.

Ao ser questionado pela conselheira tutelar, o menor alegou que queria comprar um caderno, que o referido rapaz falou que iria vender as cocadas e ele quis ir junto. O menino disse que acabou discutindo com esse rapaz e teria fugido de perto dele.

A mãe da criança foi acionada e na delegacia confirmou que tinha conhecimento de que seu filho havia saído para vender cocadas na companhia desse jovem de 18 anos, e disse que esta tinha sido a primeira vez. A mulher informou que o filho está devidamente matriculado e vai participar também de um projeto no Sítio Escola.

Ainda segundo a mãe, o menino tem o costume de sair de casa sem sua permissão. O menino foi liberado na presença da mãe e a Polícia Civil vai investigar o caso.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
ANUNCIANTE