Oi, o que você está procurando?

operação raio-x

Polícia cumpre mandados de busca em residências de médicos em condomínios de Birigui

Ação tem como objetivo investigar veracidade de atestado que serviu como base para concessão de prisão domiciliar a médico acusado de ser chefe do esquema

Operação Raio-X teve sua primeira fase deflagrada no dia 29 de setembro do ano passado

Quatro equipes Polícia Civil do Deinter – 10 cumpriram novos mandados de busca nas primeiras hora da manhã desta segunda-feira (19) em dois condomínios de alto padrão em Birigui, onde residem dois médicos, e também no consultório e laboratório dos investigados. A ação, que faz parte da “Operação Rao-X”, desta vez tenta apurar a veracidade de atestados médicos utilizados para concessão da prisão domiciliar concedida ao médico Cleudson Garcia Montalli, acusado de ser o líder de uma organização investigada por desvio de dinheiro público na área da saúde.

Um dos mandados de busca, expedido pela 2ª Vara Criminal de Araçatuba, foi cumprido por policiais do GOE/Deic na residência de um médico de 38 anos. A equipe, composta por cinco policiais incluindo um delegado, chegou no condomínio por volta das 6h e teve de arrombar uma porta para ter acesso ao imóvel, onde estava o médico e sua esposa.

Ele foi informado sobre o teor da ação e acompanhou a diligência. Os policiais estavam atrás do telefone celular do médico, um IPhone 11, preto, que foi apreendido. O investigado passou a senha de desbloqueio aos policiais.

Enquanto isso outra equipe cumpria mandado de busca no laboratório deste médico, onde os policiais apreenderam dois telefones celulares, sendo um do médico e um da secretária, um notebook e diversos documentos que estavam na sala do investigado. A ação foi acompanhada por um advogado do médico.

Uma terceira equipe, da Deic, esteve na casa de um médico de 52 anos em um condomínio no Jardim Pop. Lá eles apreenderam um computador integrado (CPU e Monitor), além dos celulares, sendo um do médico e outro da esposa dele.

Paralelamente, com apoio de uma terceira equipe os policiais cumpriram mandado de busca no consultório deste médico, onde após análise em um computador, nada de interesse para as investigações foi apreendido.

Suspeita

Os cumprimentos dos mandados de busca desta segunda-feira foram realizados para investigação de possível fraude nos exames do médico Cleudson Garcia Montalli, que serviram como base para concessão de sua prisão e regime domiciliar, concedida pelo ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal). Montalli estava preso até a semana passada no Centro de Ressocialização de Araçatuba, antes de ser beneficiado com o regime domiciliar.

A Operação

A Operação Raio-X foi deflagrada no dia 29 de setembro do ano passado. Entenda o caso:

Polícia Civil realiza mega-operação que apura desvios na saúde

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
ANUNCIANTE
28