Oi, o que você está procurando?

Luto

Filha de andradinense é a vítima mais jovem da Covid em Maringá

O sepultamento da menina, de um ano e quatro meses, foi realizado na manhã deste domingo (28), no Cemitério Municipal de Maringá

Letícia com os pais, Ariane e Diego: a menina é a vítima da Covid-19 mais jovem do município paranaense - Foto: Álbum de família

Uma bebê de um ano e quatro meses morreu por complicações da Covid-19 em Maringá, no norte do Paraná, na noite de sábado (27). Filha da andradinense Ariane Roque e de Diego Roque Marinheiro, Letícia Roque Marinheiro estava internada em um hospital da cidade havia cerca de duas semanas. Seus pais, que se conheceram em Andradina/SP, onde mantinham a “Marinheiro Lanches”, também foram infectados.

Segundo uma amiga do casal, a criança teve febre e foi levada ao hospital. Os exames comprovaram que ela havia sido infectada pela Covid-19 e foi necessário ficar internada. Na mesma semana, a mãe da menina, Ariani Roque Marinheiro, também foi contaminada pelo vírus, mas não teve sintomas graves da doença.

Os exames mostraram que o pulmão da criança estava comprometido e no início da semana passada ela foi intubada.
Na manhã do último sábado (27), o pai da menina, Diego Jacob Marinheiro, também foi hospitalizado por complicações da doença. O quadro dele é estável, de acordo com a família.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
61