Oi, o que você está procurando?

Educação

Birigui adia por 15 dias retomada das aulas presenciais

Retomada estava prevista para a próxima segunda-feira (8)

A Prefeitura de Birigui decidiu adiar por 15 dias a volta às aulas presenciais nas 35 unidades da rede municipal de ensino, em virtude do atual cenário da covid-19. A retomada, em formato híbrido, com revezamento entre aulas presenciais e remotas, estava prevista para a próxima segunda-feira (8/3).

Desta forma, as aulas seguirão de forma remota, como acontece desde o dia 2 de fevereiro. Os pais deverão continuar retirando as atividades impressas nas escolas para os filhos realizarem em casa, de acordo com as datas estabelecidas pelas equipes gestoras de cada unidade escolar.

A decisão pelo adiamento é da Secretaria Municipal de Educação, com base em recomendação da Secretaria Municipal de Saúde, referendada pelos membros do Comitê de Crise para Enfrentamento da Covid-19, em reunião realizada na última terça-feira (2/3).

Fase vermelha

E também com base na portaria SME 24/2020, cuja instrução é pelo não retorno presencial das aulas com Birigui na fase vermelha do Plano São Paulo. A cidade vai regredir para a etapa mais rigorosa do plano a partir deste sábado (6/3), conforme anunciado hoje pelo governo estadual e válido para todos os municípios do Estado.

Foram levadas em conta ainda a ocupação de leitos de UTI Covid que está em 100% na Santa Casa, as recentes ocorrências de casos positivos e suspeitos da doença entre servidores das escolas municipais e o impacto da transmissão da doença com circulação de pais e alunos com o retorno às aulas.

“Apesar de todas as escolas estarem preparadas para o retorno seguro das aulas, com a previsão de 35% dos alunos em sala e distanciamento entre as carteiras conforme o plano de biossegurança da Educação, a falta de leitos e o agravamento da doença em nossa cidade nos preocupa”, disse o prefeito Leandro Maffeis.

Responsabilidade

Conforme a secretária de Educação, Iládia Cristina Marin Amadio, uma nova avaliação será feita entre os dias 15 e 19 de março para definir o retorno. “A retomada das aulas será feita com muita responsabilidade, respeitando todos os protocolos sanitários contra a covid-19”, afirmou.

As escolas já possuem alguns itens de proteção individual e materiais de higiene, como máscaras para reposição, face shields (para professores e equipe de apoio), álcool em gel 70%, termômetros, luvas, totens para álcool em gel e sabonete líquido. Mais materiais estão sendo adquiridos.

O adiamento das aulas presenciais começou a ser avaliado no dia 25 de fevereiro, quando secretários municipais, servidores das vigilâncias Epidemiológica e Sanitária e a diretoria do Sisep se reuniram para tratar sobre a situação da pandemia na cidade.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
32