Oi, o que você está procurando?

Araçatuba

Movimentação de cargas e operação de guindauto são temas de cursos gratuitos

Ações foram realizadas pelo SIRAN, Sebrae ER Araçatuba e Senar-SP em Guararapes e atende demanda do mercado por profissionais qualificados

A crescente demanda do mercado por equipamentos de movimentação de materiais fez com que o SIRAN (Sindicato Rural da Alta Noroeste), o Sebrae ER (Escritório Regional) Araçatuba e o Senar-SP (Serviços Nacional de Aprendizagem Rural) realizassem dois cursos gratuitos de capacitação em Guararapes (SP).

Uma ação foi seguida da outra e as duas, executadas na indústria sucroalcooleira Nova Unialco, do Grupo Glencane Bioenergia, com a participação de oito pessoas. A empresa forneceu gratuitamente o espaço para as atividades e todo o equipamento mecanizado.

No primeiro curso, Segurança em movimentação, transporte e armazenamento de materiais – NR-11, com carga horária de 16 horas/aula divididas igualmente em dois dias, os participantes aprenderam aspectos de segurança, legislação inerente à Norma Regulamentadora 11 (NR-11), análise preliminar de riscos e riscos ocupacionais do trabalho.

Também foram apresentados aos diversos equipamentos para a movimentação de materiais, como carrinhos manuais, paleteiras elétricas, empilhadeiras, guindauto munck, guindastes e pontos rolantes.

No segundo, Operação de caminhão guindauto (munck), com carga horária de 24 horas/aula divididas igualmente em três dias. No primeiro dia, de aula teórica, os integrantes ficaram sabendo o que é o equipamento, seus tipos e modelos, noções de movimentação de carga suspensa, centro de gravidade e de equilíbrio do caminhão, e os riscos da atividade. Nos dois dias seguintes, eles treinaram com o munck.

De acordo com o instrutor de mecanização agrícola e industrial Edval Piatti, que é engenheiro mecânico com pós-graduação em segurança do trabalho, existe espaço significativo para a colocação de profissionais qualificados na área das duas ações.

“Aumentou de fato a procura por equipamentos para a movimentação de materiais. Consequentemente, há a necessidade de profissionais treinados, já que há risco de acidentes, pois trata-se de trabalho perigoso, com trabalho de carga suspensa por acessório, como cabo de aço ou corrente preso ao guindauto, por exemplo. Por isso, esses cursos são importantes, para capacitar adequadamente quem vai executar esse trabalho”, afirma Piatti.

Por causa da pandemia de Covid-19, foram seguidas as orientações das autoridades de saúde, com o uso de máscaras, álcool em gel à disposição, materiais de estudo desinfetados, e distanciamento. Os participantes das duas ações receberam gratuitamente material didático e certificados de conclusão.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
30