Oi, o que você está procurando?

Araçatuba

Escola Luiz Gama passa por desinfecção após casos de Covid-19

Três educadores foram infectados pelo novo coronavírus; aulas seguem remotamente nos próximos dias

Escola está localizada na Rua Rubião Júnior, bairro São Joaquim, e tem cerca de 75 alunos frequentando as aulas presenciais

A Escola Estadual Luiz Gama, localizada na Rua Rubião Júnior, bairro São Joaquim, em Araçatuba, passará por higienização após a confirmação de casos de Covid-19 em três educadores. A unidade escolar ficará fechada nesta quinta (18) e sexta-feira (19), por recomendação da Vigilância Sanitária, que orientou a desinfecção do prédio.

Na escola, as aulas foram retomadas no dia oito de fevereiro e divididas em três turmas. Duas delas foram afastadas porque tiveram contato com os profissionais que testaram positivo. Os estudantes cumprirão o isolamento social e irão acompanhar as aulas remotas.

No caso da terceira turma, assim que o prédio for liberado pela Vigilância, os alunos seguirão assistindo aula no modo presencial normalmente, pois não tiveram contato com os doentes. A previsão é de que a escola reabra na próxima segunda-feira (22), mas segundo a Prefeitura, isso vai depender do tempo de higienização do prédio, que pode durar dois dias ou mais.

Protocolos

Já a Secr etaria da Educação do Estado de São Paulo informou, por meio de nota, que todas as unidades seguem os protocolos das autoridades da área da saúde e estão em funcionamento, “garantindo a segurança de professores, servidores e alunos”.

O protocolo, segundo a pasta, orienta que os servidores e estudantes sejam afastados ao comunicarem os sintomas e aguardem os resultados em casa, de quarentena. A unidade básica de saúde é acionada para realização dos testes. Os casos são acompanhados por meio do Sistema de Informação e Monitoramento da Educação para Covid-19 da Seduc SP (SIMED).

Contaminados

Na Escola Estadual Luiz Gama, a primeira a ser diagnosticada foi a diretora da escola. Depois, mais duas professoras tiveram a confirmação para a infecção pelo novo coronavírus. Outros educadores estão com sintomas da Covid-19 e aguardam o resultado dos exames.

A escola, que é de período integral, possui cerca de 250 alunos, com idades entre 10 e 17 anos, mas como a instituição só pode receber 35% dos estudantes, 75 estão assistindo às aulas presencialmente, de forma escalonada, dividida em turmas.  A unidade escolar atende a estudantes do sexto ano do Ensino Fundamental ao terceiro ano do Ensino Médio.

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!