Oi, o que você está procurando?

pandemia

Escola estadual em Barbosa e colégio em Penápolis suspendem atividades presenciais

Casos positivos da Covid-19 foram registrados entre alunos e colaboradores nas unidades

A escola estadual Professor José Carlos da Silva, em Barbosa, suspendeu as atividades presenciais após alguns profissionais da unidade serem diagnosticados com a Covid-19, o novo coronavírus, e outros apresentarem suspeita de algum sintoma da doença. O anúncio foi feito em um vídeo publicado nas redes sociais pelo prefeito do município, Rodrigo Primo Antunes (PSD).

Segundo ele, ao todo, oito casos foram detectados pela equipe de Saúde e Vigilância. “Tivemos uma reunião com a direção da escola e, segundo a orientação e os protocolos, já consideramos como um surto na unidade”, disse o chefe do Executivo.

Ele explicou que o prédio será fechado por 14 dias para que sejam tomadas as medidas, entre elas a desinfecção do espaço. “Comunicamos a Diretoria de Ensino, para que os demais profissionais sejam isolados e, posteriormente, passem por exames. Por isso, pedimos a compreensão de todos, especialmente da população, em seguir as recomendações e evitar ao máximo as aglomerações”, ressaltou.

Rodrigo frisou que, na rede municipal de ensino, as aulas presenciais não retornarão, a princípio, em março. “O momento é de cautela e, por isso, continuaremos preservando vidas e com todas as ações”, finalizou. Em nota enviada pela assessoria de imprensa, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo informou que houve casos confirmados na unidade.

“As aulas seguem apenas remotamente, por orientação da vigilância e as presenciais estão previstas para o próximo dia 11”, esclareceu. A pasta não detalhou quantos profissionais e estudantes foram diagnosticados com o coronavírus, mas reiterou que as notificações são de responsabilidade da área da Saúde, que possui o controle.

“A secretaria esclarece que segue todos os protocolos definidos por autoridades e preserva a segurança de professores, servidores e alunos. Orientamos que servidores e estudantes sejam afastados ao comunicarem os sintomas e aguardem os resultados em casa, respeitando a quarentena”, complementou.

Oceu

Em Penápolis, o colégio Oceu suspendeu as atividades presenciais do ensino médio. Em um comunicado publicado nas redes sociais pela equipe gestora, a medida foi tomada após uma professora e uma aluna testarem positivo para o coronavírus.

“Nossa unidade zela pelos estudantes, familiares e colaboradores. Por isso, estamos comprometidos com as normas de segurança”, esclareceu. Por 14 dias, as aulas presenciais para este grupo estão suspensas, permanecendo apenas as remotas.

A previsão de retorno é em 12 de março. “Os demais segmentos – infantil, fundamental 1 e 2 – seguem normalmente com o sistema de rodízio presencial”, destacou a equipe. O diretor do colégio, Marcelo Sampaio Garcia, acrescentou que a unidade acompanha todos os protocolos sugeridos pelos órgãos responsáveis e que as salas do ensino médio passarão por higienização e desinfecção.

“Pedimos que todos se mantenham atentos quanto a possíveis sintomas. Caso haja, procure atendimento médico o quanto antes e estamos à disposição dos pais para esclarecer quaisquer dúvidas”, concluiu. (Por: Ivan Ambrósio)

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
27