Oi, o que você está procurando?

Estelionato

‘Barbie do Crime’ tem prisão preventiva revogada e usará tornozeleira

Ela se entregou na última quinta-feira (25) depois da expedição de um mandato preventivo, mas conseguiu reverter a situação após entrar com recurso

A ex-modelo fotográfica Bruna Cristine Menezes de Castro, conhecida pela Polícia Civil de Goiás como “Barbie do Crime”, teve sua prisão preventiva revogada e cumprirá a pena por estelionato em prisão domiciliar, com uso de tornozeleira eletrônica, de acordo com informações do UOL.

Segundo a reportagem, ela se entregou na última quinta-feira (25) depois da expedição de um mandato preventivo, mas conseguiu reverter a situação após entrar com recurso.

Na nova decisão, assinada pelo juiz Wilson da Silva Dias, da Vara de Execução de Penas e Medidas Alternativas de Goiânia, levou-se em consideração o argumento da defesa, que justificou o pedido de revogação da prisão preventiva em razão da dependência dos filhos menores de 12 anos.

Ainda de acordo com o UOL, Bruna havia sido condenada em 2017 a um ano e nove meses de reclusão por receber e não entregar produtos ofertados em perfis falsos criados por ela nas redes sociais. A pena foi revertida em prestação de serviços comunitários, mas gerou a prisão preventiva por descumprimento da sentença.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
36