Oi, o que você está procurando?

Reivindicação

Prefeito irá entregar manifesto de comerciantes de Araçatuba ao Governo do Estado

Empresários solicitam que o atendimento presencial nos bares e restaurantes seja até as 22h, inclusive com liberação para atendimento aos finais de semana

Reunião foi nesta quinta-feira, com representantes da Prefeitura e de empresários de vários setores - Foto: Alex Tristante/Prefeitura de Araçatuba

A Prefeitura de Araçatuba recebeu, nesta quinta-feira (28), representantes do ramo de bares e restaurantes para ouvir suas sugestões e anseios quanto ao funcionamento com atendimento presencial desses estabelecimentos.

A reunião foi mediada pelo prefeito Dilador Borges, chefe de gabinete Deocleciano Borella Jr., secretário de Assuntos Jurídicos, Fabio Leite Franco, secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Mazzei, e pelo vereador Gilberto Batata Mantovani, que representou a Câmara Municipal.

Estiveram presentes comerciantes de diversas áreas do ramo alimentício, empresários e representantes do Sindicato de Hoteis, Restaurantes, Bares e Similares de Araçatuba (SHRBSA), da Uecar (União das Entidades de Classe de Araçatuba e Região) e Associação dos Lojistas do Shopping Praça Nova.

Eles entregaram ao prefeito um documento intitulado “Manifesto de Apoio ao Grupo Restaurantes, Bares e Comércio de Araçatuba contra o fechamento”, assinado pelos grupos acima e pela Associação Comercial e Industrial de Araçatuba (Acia), em que solicitam medidas de retomada ao trabalho presencial.

Os empresários expuseram as situações de suas empresas e negócios, afirmando que em muitos casos tiveram que demitir funcionários devido a impossibilidade de atender presencialmente.

Através do documento entregue, eles argumentaram que o setor tem tomado todos os cuidados para conter a disseminação do vírus, exigindo  uso de máscaras, álcool em gel e promovendo o distanciamento social. Além disso, solicitam que o atendimento presencial nos bares e restaurantes seja até as 22h, inclusive com liberação para atendimento aos finais de semana.

A prefeitura fará a entrega do “Manifesto de Apoio ao Grupo Restaurantes, Bares e Comércio de Araçatuba contra o fechamento” ao Governo do Estado, a pedido dos comerciantes.

“Sou cumpridor da Lei”

O prefeito Dilador Borges ouviu todas as sugestões e pedidos dos comerciantes e afirmou que as cidades têm o dever de cumprir as diretrizes do Plano São Paulo. “Sou cumpridor da Lei. Quem descumpre fica sujeito a multas e outras penalidades. Não queremos isso para Araçatuba. A pandemia da Covid-19 tem sido um desafio para todos os setores. Reconhecemos as dificuldades dos proprietários de bares e restaurantes, que lutam diariamente para manter seus negócios e o salário de seus funcionários. Estamos sempre abertos ao diálogo e dispostos a buscar alternativas, no entanto, somos obrigados por lei a cumprir as regras impostas pelo Governo Estadual.”, explica Dilador.

O prefeito explicou ainda que tem diálogo direto com o Governo do Estado de São Paulo e que expõe as necessidades de Araçatuba e região semanalmente.

Araçatuba está classificada na Fase Laranja do Plano São Paulo, com permissão de funcionamento do comércio por apenas 8h por dia, com limite de atendimento presencial até as 20h e com 40% da capacidade.


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!