Oi, o que você está procurando?

drogas sintéticas

Rapaz embriagado é detido com drogas após tentar fugir da PM no bairro Paraíso

Um assistente administrativo de 25 anos, morador no Jardim Amizade, foi detido por policiais militares, na madrugada deste domingo, no bairro Paraíso, em Araçatuba, acusado de embriaguez ao volante e posse de drogas. No entanto, ele ainda poderá responder por tráfico, após análise de substâncias para constatação se eram ecstasy e LSD, encontradas no carro do acusado.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais faziam patrulhamento pelo bairro Paraíso e quando trafegavam pela rua Marcílio Dias viram um Astra, de cor prata, cujo motorista, ao perceber a viatura, assustou-se e entrou repentinamente na rua Yampei Kikuchi. Foi feito acompanhamento e o suspeito foi abordado próximo à esquina da Barão do Triunfo.

Segundo os policiais, o motorista estava sozinho e visivelmente alterado, falando coisas desconexas. Ao ser indagado se havia ingerido bebida alcoólica, respondeu prontamente que sim e que havia feito uso de drogas. Em revista pessoal, os policiais localizaram no bolso da calça dele, um envelope contendo R$ 50 e um telefone celular da marca Motorola.

Em revista no interior do automóvel, foi localizado sob o banco do passageiro, uma caneca, dentro da qual havia dois saquinhos plásticos contendo o total de 22 comprimidos que, segundo o suspeito, eram de Ecstasy, três saquinhos plásticos contendo o total de 11 comprimidos que seriam de NBOH, três saquinhos plásticos contendo o total de 30 selos que seriam de LSD, um saquinho plástico contendo uma porção de HAXIXE e um saquinho plástico contendo cocaína.

Ele recusou a passar pelo teste etilômetro para constatação prévia de embriaguez. Foi então conduzido até este plantão policial, onde foi convidado a fornecer amostra de sangue para verificação de embriaguez, contudo, também recusou, e foi examinado por um médico do IML local, o qual elaborou exame clínico para verificação de embriaguez e verificou o rapaz estava sob efeito de álcool.

O delegado plantonista determinou a apreensão das drogas para análise e tendo em vista a pequena quantidade de haxixe e cocaína, liberou o suspeitos sem colher o depoimento, tendo em vista que ele não estava em condições, e será ouvido posteriormente. Ele poderá responder por embriaguez ao volante e tráfico de drogas.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!