Oi, o que você está procurando?

pandemia

Reunião discute ampliação de leitos para pacientes com covid-19 em Birigui

Santa Casa de Birigui possui apenas quatro leitos para covid-19 e está encaminhando pacientes para o Hospital de Campanha de Penápolis

Uma das propostas é aumentar de quatro para dez os leitos de UTI voltados à covid-19 e ainda ampliar os leitos clínicos de oito para 24

A ampliação de leitos clínicos e de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na Santa Casa de Birigui foi tema de reunião entre representantes da Prefeitura e do hospital, que está enviando pacientes para o Hospital de Penápolis, pois está com sua capacidade máxima para atendimentos de pessoas acometidas pelo novo coronavírus. A proposta é aumentar de quatro para dez os leitos de UTI voltados à covid-19 e ainda ampliar os leitos clínicos de oito para 24.

A reunião foi realizada nessa segunda-feira (15). De acordo com o médico infectologista da Prefeitura de Birigui, Dr. Igor Barcellos Precinoti, a Santa Casa preparou uma Unidade de Atendimento Covid-19 com 12 leitos, sendo quatro deles para cuidados intensivos (UTI covid).

“O atendimento no Pronto-Socorro e na Santa Casa de Birigui continua normalmente, porém aqueles que apresentarem sintomas de covid-19 serão transferidos para o Hospital de Campanha de Penápolis. Por determinação do Governo do Estado de São Paulo, este hospital de campanha é referência para Birigui”, explicou Dr. Igor Precinoti.

Hospital de Campanha é uma unidade médica móvel, que cuida temporariamente das vítimas. Quatro pacientes de Birigui já foram transferidos para Penápolis e outros dois aguardam vagas para transferência.

O médico infectologista também rebateu áudios disparados pelo WhatsApp informando problemas internos no hospital. “Não há caos na Santa Casa de Birigui e todos os equipamentos de proteção individual estão sendo entregues aos profissionais. O atendimento aos pacientes está sendo feito normalmente. Em função da pandemia, atualmente os pacientes com covid estão sendo transferidos para Penápolis”, disse Dr. Igor.

 A administração do hospital é de responsabilidade da Irmandade de Santa Casa de Birigui.

PREFEITO

Preocupado com a situação, o prefeito de Birigui, Cristiano Salmeirão, solicitou a reunião com os representantes da Santa Casa e do Pronto-Socorro Municipal.

Estiveram reunidos o diretor presidente da Irmandade da Santa Casa, Cláudio Castelão Lopes, o gerente operacional do Pronto-Socorro, Marcelo Soares Venancio, a gestora administrativa da Santa Casa, Eunice Masson, a secretária municipal de Saúde, Marian Nakad, e o Chefe de Gabinete da Prefeitura de Birigui, Aladim José Martins.

“A Santa Casa já está com sua capacidade comprometida e ainda assim fazendo um ótimo atendimento. Queremos ampliar a capacidade de leitos para aqueles que estão ou apresentam sintomas da covid-19”, disse o prefeito.

Outra sugestão apresentada foi trocar, temporariamente, o local do Pronto Atendimento da Santa Casa Clínicas, visando ampliar o atendimento para casos de covid-10.

Os representantes da Santa Casa disseram que a administração do hospital está trabalhando para inaugurar, em breve, uma nova UTI na Santa Casa de Birigui.

Segundo o prefeito, a reunião foi muito produtiva e todas as propostas apresentadas no encontro serão analisadas.

“Com a flexibilização das atividades econômicas, o número de casos de covid-19 aumentou. Estamos em uma fase difícil e temos que ter a colaboração da população: continuar com o isolamento social, usar máscaras ao sair, usar álcool em gel e evitar aglomerações”, completou o prefeito de Birigui.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!