CONECTE CONOSCO

Alta periculosidade

Acusado de matar três pessoas em Alagoas é preso em Birigui

Prisão foi realizada por policiais militares da Patrulha Ostensiva Ambiental

Publicado em

Anderson Alves Quixabeira, o "Bob" estava foragido havia cerca de 5 anos e foi preso em Birigui


Considerado de alta periculosidade e após ficar cinco anos foragido, Anderson Alves Quixabeira, o “Bob”, 28 anos, foi preso no sábado (19), pela Polícia Militar Ambiental, em Birigui, interior de São Paulo.

Procurado por envolvimento em três assassinatos, tráfico de drogas, roubo, ameaça e coação a testemunha, o criminoso ainda tentou escapar da prisão apresentando documento falso.

No entanto, os policiais da Patrulha Ostensiva Ambiental o reconheceram pela foto no documento falso e o prenderam. Ele também responderá por falsidade ideológica.

Segundo a polícia, a maioria dos crimes praticados por Bob ocorreu no município de Delmiro Gouveia, em Alagoas, sua cidade natal. Conforme a polícia, ele possuía três mandados de prisão em aberto pelo estado de Alagoas.

O primeiro registro de crime praticado por Bob foi em 2011. Na ocasião, ele roubou uma pistola 380 de um comerciante. Ainda naquele ano, ele danificou por completo uma viatura da guarda municipal de Delmiro Gouveia.

Criminoso tem longa ficha criminal

Em 2012, acusado e mais duas pessoas, assassinou dois homens em sua cidade. Naquele mesmo ano, ele também indicado por ameaçar uma mulher de morte, se ela não ficasse com ele e ainda teria prometido que levaria velas para o caixão dela.

A prática de crimes não parou, segundo a polícia. Em 2014, ele e outro criminoso mataram e carbonizaram o corpo de um rapaz. Bob também responde a processo por ameaça contra testemunha e já foi preso por tráfico de drogas.

A polícia acredita que ele tenha usado documentos falsos para se safar e conseguir fugir do Nordeste.

De acordo com as investigações, o bandido cruzou Alagoas, escondeu-se por diversos municípios de Sergipe e depois se abrigou em Birigui, onde acabou preso pela equipe da PM Ambiental, formada pelo cabo Emerson Porto e soldado Mateus Araújo, do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, sob comando do Major PM Antonio Carlos Siqueira Campos Junior.

O criminoso foi levado de volta para Alagoas, onde deverá ser julgado pelos homicídios.


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante

Penápolis (SP)

Servente é preso ao tentar assaltar residência no Pereirinha

Publicado em

Um servente de 22 anos foi preso, na tarde de sábado (16), em Penápolis, acusado de tentar assaltar uma residência na avenida João Maciel Filho, no Pereirinha. Ele, que foi reconhecido por uma das vítimas, usava uma faca apreendida pela polícia.

O proprietário do imóvel, um autônomo de 55 anos contou à polícia que estava em seu quarto, quando foi surpreendido
pelo criminoso. Com uma camisa encobrindo o rosto e de posse da faca, ele anunciou o assalto, exigindo que fosse entregue dinheiro.

RECONHECIDO
A esposa do autônomo, uma dona de casa, de 53, reconheceu o bandido pela voz, já que ele reside nas imediações. Com isso, ele fugiu sem levar nada. A Polícia Militar foi acionada e, durante buscas, encontrou o rapaz.

Ele, que estava ferido no rosto, não soube informar como ocorreu a lesão e se tinha praticado o roubo. Uma testemunha o reconheceu como autor do crime. Ele foi ao pronto-socorro, onde passou por atendimento médico e, em seguida, ao plantão policial para prestar esclarecimentos. Após ser ouvido, seria encaminhado para uma unidade prisional da região. (Por: Ivan Ambrósio – Jornal Interior)


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

flagrante

Desempregado é preso após furtar peru em supermercado

Publicado em

Um desempregado de 30 anos foi preso em flagrante, no início da tarde de sexta-feira (15), após furtar um peru temperado de um supermercado no bairro Eldorado, em Penápolis. Ele, que foi surpreendido por funcionários do estabelecimento e não pagou fiança para responder ao processo em liberdade.

De acordo com o boletim de ocorrência, o acusado chegou ao supermercado, pegou um carrinho de compras e colocou o produto dentro dele. Em seguida, passou a circular pelos corredores do estabelecimento impaciente, o que gerou suspeitas dos funcionários.

ESQUECEU
O desempregado pegou o peru e saiu do local sem pagá-lo. Ele foi abordado metros depois e, questionado, disse que tinha “esquecido”, pedindo perdão pelo ato, relatando ainda que havia furtado o produto por não ter oportunidade de trabalho.

A Polícia Militar foi acionada e esteve no local, levando o acusado ao plantão para prestar esclarecimentos. Na unidade, ele disse em depoimento ao delegado que praticou o crime, pois pretendia conseguir alguma quantia em dinheiro para adquirir bebidas alcoólicas.

Após ser ouvido, o acusado foi encaminhado para uma unidade prisional da região, já que não pagou fiança para responder ao processo em liberdade. O peru temperado foi devolvido ao supermercado. (Por: Ivan Ambrósio – Jornal Interior)


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998