CONECTE CONOSCO

Urgente

Mulher é morta a facadas em Guararapes; ex-marido é o principal suspeito

Publicado em

Crime ocorreu na Rua Ataíde de Souza Vargas, no bairro Clineu de Almeida (Foto: Josiane Lorenzetti)


Uma mulher foi assassinada a facadas na tarde desta terça-feira (16), em Guararapes. Regina Perez, 59 anos, foi morta em casa, na Rua Ataíde de Souza Vargas, no bairro Clineu de Almeida.

O ex-marido da vítima é o principal suspeito do crime. Ele foi detido minutos após o crime em outro bairro da cidade.

Regina Perez foi morta a facadas

O local do crime foi interditado para perícia do IC (Instituto de Criminalística). O corpo da mulher será encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Araçatuba para o exame necroscópico.

O suspeito foi levado para a delegacia da Polícia Civil de Guararapes. A ocorrência está em andamento.

O Regional Press acompanha o caso e outras informações e imagens poderão ser publicadas a qualquer momento.

*Com Josiane Lorenzetti/ Colaboração

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Anunciante

VIOLÊNCIA

Suspeito de matar homem com tiro na cabeça é preso em Guararapes

O acusado ficou foragido durante três dias em um canavial da cidade.

Publicado em

Imagem Ilustrativa

O suspeito de matar um homem com um tiro na nuca, em uma propriedade rural de Guararapes (SP), foi preso nesta quinta-feira (22).

O suspeito ficou foragido durante três dias em um canavial da cidade e foi detido após se entregar à polícia.

No dia do crime, a companheira da vítima estava dormindo na casa quando ouviu o barulho do disparo e chamou a polícia.

O homem foi preso e está a disposição da Justiça. Ele não possui antecedentes criminais.

O CRIME

Elson de Jesus Silva, 34 anos, morreu na noite desta segunda-feira (19) após ser baleado na cabeça em uma fazenda na estrada rural na estrada rural Abdul Aziz El Kadre, em Guararapes (SP).

Segundo o que a polícia apurou, a vítima e o acusado conversavam na sala da casa da fazenda quando ocorreu o disparo que atingiu Elson na cabeça.

O tiro teria saído de uma espingarda.

Com informações TV Tem / G1

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

COVARDIA

Desempregado é preso após agredir e ameaçar companheira com facão

Publicado em

Imagem ilustrativa

(Ivan Ambrósio – Jornal Interior) Um desempregado de 25 anos foi preso em flagrante, na noite de quinta-feira (22), em Luiziânia (a 42 km de Penápolis), após agredir e ameaçar com um facão a companheira, uma jovem, de 19. Ele não pagou fiança de R$ 1 mil para responder ao processo em liberdade.

O caso ocorreu na rua Padre João Braem, no Centro. De acordo com o boletim de ocorrência, uma equipe da Polícia Militar fazia patrulhamento pela cidade, quando recebeu denúncia de que duas pessoas, de posse de um facão, estariam fazendo ameaças a uma mulher que passava por atendimento médico em uma unidade de saúde.

AMEAÇAS

Chegando ao local, os PMs não encontraram os suspeitos. A jovem contou que, horas antes, tinha sido agredida com chutes e puxões no cabelo pelo companheiro, que a ameaçou de morte, dizendo que iria jogá-la da ponte.

A vítima, apesar de não apresentar lesões, foi até o local por estar grávida. Com base no relato dela, os militares passaram a fazer buscas, encontrando o acusado na casa da mãe dele. O desempregado negou as agressões, mas disse que foi até a unidade de saúde com o facão atrás de outra pessoa.

Ele foi levado ao plantão policial de Penápolis para prestar esclarecimentos. Na unidade, o delegado plantonista arbitrou fiança para que respondesse ao processo em liberdade. Como a quantia não foi paga, ele foi encaminhado para a cadeia. O facão foi apreendido.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

Estado de SP

PM adquire 40 mil pistolas semiautomáticas para reforçar a segurança em SP

Publicado em

A Polícia Militar vai adquirir 40 mil pistolas semiautomáticas para reforçar a segurança e as condições de enfrentamento ao crime no Estado de São Paulo.

A aquisição, realizada por meio de processo licitatório, prevê o pagamento de R$ 891,66 à austríaca Glock pelo fornecimento de cada pistola calibre.40.

Após 28 rodadas de lance no pregão, o valor estipulado pelo licitante vai representar uma economia de R$ 53 milhões aos cofres públicos.

De acordo com o tenente coronel Marco Aurélio Valério, do Centro de Material Bélico da Polícia Militar, a previsão inicial é de que a aquisição gerasse custos mais elevados.

“Nossa expectativa era pagar até R$ 2 mil por cada unidade. Com o preço definido em R$ 891,66 iremos economizar R$ 53 milhões. Essa competição dos processos licitatórios é extremamente saudável e os resultados demonstram isso de forma inequívoca. A disputa para fornecer armamentos para a Polícia Militar envolveu dois dos fabricantes mais conceituados do mercado de pistolas”, afirma o tenente coronel, em referência às marcas Glock (Áustria) e Beretta (Itália), finalistas do processo de licitação.

Essas propostas foram apresentadas em sessão pública realizada nessa quarta-feira (21). Agora a empresa austríaca terá dez dias para apresentar amostras que serão submetidas a testes de qualificação. Os participantes e interessados serão informados, por meio de publicação em Diário Oficial, da data do início dos testes.

O processo licitatório prevê que, após a assinatura do contrato, a empresa fabricante entregue 8.000 unidades em até 90 dias. O acordo estipula que a totalidade das pistolas adquiridas seja fornecida em até oito meses após a homologação do acordo.

Programa de modernização

As aquisições fazem parte de um programa de modernização estruturado pelo Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Segurança Pública e Polícia Militar que prevê a realização de 11 licitações internacionais para compra de armamentos com tecnologia de ponta para a PM.

Para setembro está prevista a abertura de outros três processos licitatórios que serão responsáveis pela aquisição de 300 fuzis calibre .556; 1.000 fuzis calibre .762 e 1.000 armas de incapacitação neuro-muscular.

“Esta política de segurança objetiva que a Polícia Militar do Estado de São Paulo seja uma referência internacional tanto na adoção de boas práticas quanto na qualidade de seus equipamentos”, diz o tenente coronel Marco Aurélio Valério.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
85