Oi, o que você está procurando?

Região

Birigui é destaque na geração de empregos com carteira assinada em janeiro

O município de Birigui foi o que mais gerou empregos formais, com carteira assinada, na região de Araçatuba, no mês de janeiro.

A capital nacional do calçado infantil abriu 454 postos de trabalho no período, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados divulgados nesta quinta-feira (27) pelo Ministério da Economia.

O resultado, segundo o economista Marco Aurélio Barbosa, que é diretor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), deve-se, principalmente, ao setor da indústria da transformação, que gerou 354 empregos em janeiro.

Os outros dois setores que contribuíram para o desempenho positivo foram o da construção civil, com 26 vagas, e o de serviços, com 77 postos de trabalho.

Houve também abertura de uma vaga no setor extrativo mineral (1). De outro lado, o comércio e a agropecuária apresentaram resultado negativo, com duas demissões cada.

No total, houve 1.297 contratações com carteira assinada em Birigui e 843 demissões, no mês de janeiro, deixando um saldo positivo de 454 empregos no período.

Para o economista, o resultado deve ser comemorado, porque o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu apenas 1,1% em 2018 e, no último quadrimestre do ano, houve uma desaceleração da economia, o que reflete negativamente na empregabilidade.

“Mesmo assim, Birigui conseguiu manter um saldo positivo, o que é motivo de comemoração”, afirmou.

As perspectivas, segundo ele, são positivas, pois a indústria está se recuperando. E, mesmo com as dificuldades enfrentadas pelo setor calçadistas, outras indústrias vêm se destacando na cidade, o que ajuda a fortalecer a economia local.

Dentre elas estão a indústria de bens de capital, fabricante de máquinas e equipamentos para o agronegócio, e uma indústria que produz transformadores, a ITB, que vem ganhando mercado interno e externo.

Além de Birigui, tiveram desempenho positivo no emprego formal os municípios de Castilho, com a abertura de 286 vagas; Buritama (20); General Salgado (10); Guararapes (68); Mirandópolis (18) e Pereira Barreto (386).

ARAÇATUBA

Araçatuba, por sua vez, apresentou ligeira queda no emprego formal, com o fechamento de 14 vagas. Em janeiro, o município contratou 1.705 trabalhadores com carteira assinada, mas demitiu 1.719.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!