Oi, o que você está procurando?

Aposentado contrai dívida bancária de R$ 21 mil após cair em golpe

Um aposentado de 69 anos, morador no bairro Ipanema,  Araçatuba,  contraiu uma dívida de 21 mil parcelados em 60 meses após cair em um golpe de “compra de dívida” aplicada por telefone e com detalhes diferenciados, incluindo até o depósito de R$ 10 mil em sua conta pessoal antes da efetivação do estelionato.

Ele informou à polícia que foi procurado por telefone, de números com DDD 51 e 55, sempre por mulheres, que se diziam de duas instituições bancárias, e nas conversam ofereciam a compra de uma dívida que ele tem junto aos bancos Original e Fundação Nacional do Exército, que totalizam R$ 27 mil.

Para aplicar o golpe, as supostas representantes bancárias diziam que era necessário quitar a dívida, e que o custo total cairia para R$ 20 mil divididos em 60 parcelas mensais de R$ 355. Atraído pela vantagem na queda dos juros, o aposentado prosseguiu as negociações. As golpistas depositaram em sua corrente, R$ 10.797 por meio de um TED, isso em abril.

Na sequência, elas pediram que ele depositasse, ou seja fizesse a devolução de R$ 9.290 em uma conta bancária do Rio de Janeiro, sendo que seria realizada a quitação e o aposentado pagaria as parcelas que somariam total de R$ 20 mil, e não teria mais o saldo devedor original no valor de R$ 27 mil.

Após três meses, as dívidas do aposentado (referentes as parcelas que totalizam R$ 27 mil) continuam sendo debitadas de sua conta, além das parcelas novas, no valor de R$ 355, referente ao valor depositado em sua conta que ele redepositou às golpistas, achando que estaria fazendo uma quitação. A Polícia Civil está investigando o caso.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
71