Oi, o que você está procurando?

Saúde

Vacinação contra a gripe tem baixa adesão em Araçatuba

Preocupação com a contaminação pelo novo coronavírus está levando a população a adiar a vacinação

Vacina, vacinação,seringa, covid 19

A preocupação com a contaminação pelo novo coronavírus está levando a população de Araçatuba a adiar a vacinação contra a gripe. A campanha de imunização começou no dia 12 de abril e a adesão é considerada baixa pela Secretaria Municipal de Saúde. Até agora, 21,51% do público-alvo foram vacinados. No município, 60.756 pessoas devem receber a dose contra a Influenza. Destas, 5.609 foram imunizadas.

A cobertura em Araçatuba, atualmente, está entre 21,35% a 38,64%, variando de acordo com os grupos prioritários da primeira fase da campanha, que vai até 10 de maio e contempla gestantes, puérperas, crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias, trabalhadores da saúde e indígenas.

Os trabalhadores de saúde são os que apresentam a menor cobertura. Dos 8.739 que devem ser imunizados, 21,35% tomaram a vacina, o que equivale a 1.866 pessoas. Já entre as gestantes, 396 foram imunizadas (22,05%), mas outras 1.400 ainda devem procurar uma UBS (Unidade Básica de Saúde) para receber o imunizante.

O maior número de vacinados está entre as puérperas (mães que tiveram filhos até 45 dias), com 114 imunizadas das 295 que estão na lista do município. Neste caso, a cobertura vacinal é de 38,64%.

Inverno

A diretora da Vigilância Epidemiológica, Priscila Cestaro, destaca que a imunização contra a gripe é muito importante, principalmente com a chegada do inverno, quando as doenças respiratórias estão mais presentes. “A vacinação é o único meio de prevenção contra a influenza e a gravidade da doença”, afirma.

Este ano, a vacina contra a influenza é trivalente, composta pelas cepas: Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B. A vacina é fragmentada e inativada.

A diretora da Vigilância ressalta, ainda, que a população não precisa se preocupar com a contaminação da Covid, porque as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) estão trabalhando com todos os protocolos de prevenção.
Para incentivar a população, o município está organizando o chamado dia “D” da vacinação, mas a data ainda não foi divulgada.

A primeira fase da campanha de vacinação contra a gripe vai até o dia 10 de maio, em todas as Unidades Básicas da Saúde do município, que funcionam das 8h às 19h. Já a UBS do Planalto, Umuarama e Pedro Perri atendem das 8h às 22h, enquanto que as da zona rural, das 8h às 16h.

A segunda fase da campanha contra a gripe terá início no dia 11 de maio, para idosos acima de 60 anos e professores.

Intervalo entre a dose da vacina contra Covid e a da Influenza é de 14 dias

As pessoas que apresentarem indicação para receber a vacina contra a Influenza e contra a Covid, deve priorizar a dose contra a Covid. O intervalo entre as doses de Influenza e Covid é de 14 dias.

Informe técnico da Secretaria Estadual de Saúde orienta as pessoas que apresentarem sintomas gripais, inclusive com quadro sugestivo de infecção por coronavírus, a adiar a vacinação contra a influenza até a recuperação total do quadro respiratório.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!