Oi, o que você está procurando?

Saúde Animal

Doria autoriza início das obras de clínica veterinária em Araçatuba 

Unidade realizará atendimento gratuito para animais domésticos por meio do programa estadual “Meu Pet”

Segundo o governador João Doria, obras devem ser concluídas até o final do ano

O Governador João Doria (PSDB) autorizou nesta terça-feira (11) o início das obras das clínicas veterinárias estaduais do programa Meu Pet em Araçatuba e Votuporanga. Em Araçatuba, a unidade será instalada ao lado do Centro de Controle de Zoonozes (CCZ) e irá ofertar atendimento regionalizado para animais domésticos.

“A pandemia aumentou ainda mais a necessidade de cuidados com os pets. É visível a necessidade de atendimento veterinário e até cirúrgico em algumas circunstâncias para os animais”, afirmou o Governador.

No total, serão investidos R$ 10 milhões para construção e equipamentos das unidades de Araçatuba e Votuporanga. Os serviços gratuitos serão oferecidos para cães e gatos, como consultas veterinárias, cirurgias e exames de ultrassom, raio-x e endoscopia.

Cada clínica será construída em terrenos cedidos pelas respectivas Prefeituras com uma estrutura de 480 m² e contará com salas cirúrgicas e equipamentos. As obras devem ser concluídas até o final do ano. A contratação de funcionários e o custeio das atividades assistenciais ficarão sob responsabilidade dos municípios.

O Programa Meu Pet é inédito no Estado de São Paulo e visa dar apoio a ações e serviços voltados à defesa e saúde dos animais domésticos, incluindo vacinação, castração e adoção responsável.

Segundo a Organização Mundial da Saúde Animal, 60% das doenças infecciosas humanas são zoonoses e 75% dos agentes patológicos que causam doenças nos seres humanos são de origem animal.

“Estas unidades simbolizam a importância de políticas de controle populacional dos animais, por meio da esterilização cirúrgica, da avaliação sanitária e da manutenção da saúde dos cães e gatos, o que irá refletir positivamente na redução dos casos de transmissão de doenças para humanos”, declara a coordenadora de Defesa e Saúde Animal da Secretaria de Estado da Saúde, Rebecca Politti.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!