Oi, o que você está procurando?

Saúde

Birigui disponibiliza 0800 para pessoas com sintomas de covid-19

O serviço está disponível a partir desta segunda-feira (17/05) por meio do número 0800-570 7770, com ligação gratuita, e também pelo WhastApp (18) 99614-8482

O Birigui Pela Vida completou neste domingo (16/05) um mês de ações de enfrentamento contra a covid-19. Para marcar a data, o movimento, em parceria com a Prefeitura de Birigui, disponibiliza a Central de Agendamento para otimizar os atendimentos dos biriguienses com sintomas gripais.

O serviço está disponível a partir desta segunda-feira (17/05) por meio do número 0800-570 7770, com ligação gratuita, e também pelo WhastApp (18) 99614-8482. O atendimento à população acontece de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h e das 13h30 às 16h.

A orientação é para que as pessoas com dúvidas ou alguns dos sintomas característicos da covid-19, como febre; coriza ou nariz entupido; cansaço; dor de garganta; tosse; diarreia; espirros; dor de cabeça; dores no corpo e mal-estar liguem para a Central para triagem e agendamento médico.

UBS Vila Bandeirantes

O serviço disponível através do 0800 e whatsApp vai facilitar a comunicação da população, dando mais agilidade no agendamento, testagem e acesso ao atendimento médico, proporcionando o tratamento imediato e isolamento dos pacientes sintomáticos.

“Na Central de Agendamento, os atendentes farão a triagem e o agendamento do paciente à consulta médica na Unidade Básica de Saúde 1 da Vila Bandeirantes, de acordo com o critério dos sintomas”, explicou o assistente social Eliel Robson.

Eliel completou que a Central fará também o monitoramento dos pacientes com covid-19, mantendo interlocução com as UBSs e com a gestão da Secretaria de Saúde para a busca ativa e intervenções necessárias das equipes da Estratégia de Saúde da Família.

Birigui pela vida

Para somar esforços ao trabalho já realizado pelo município, a iniciativa privada e o poder público se uniram e lançaram o Birigui Pela Vida. O objetivo da iniciativa é tratar os primeiros sintomas dos pacientes, evitando a necessidade de internações e complicações da doença que podem levar a óbito.

Do início do projeto até a última sexta-feira (14), 1.870 pessoas foram atendidas e testadas na UBS 1 da Vila Bandeirantes. Desse total, 479 tiveram diagnóstico positivo para a doença, foram medicadas e iniciaram o isolamento domiciliar, sendo acompanhadas por profissionais de saúde.

Das pessoas confirmadas com a doença, 392 continuam em acompanhamento, 83 já estão curadas e duas precisaram ser internadas. Conforme balanço divulgado, 10.827 unidades de medicamentos foram distribuídas aos pacientes. Os testes do cotonete e os remédios são realizados/fornecidos tudo de graça.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!