Oi, o que você está procurando?

Dados Atualizados

Birigui confirma 4 mortes por covid que estavam em investigação

O município contabiliza 407 óbitos provocados pela doença desde o início da pandemia

A Secretaria Municipal de Saúde de Birigui informa que até as 12h desta quarta-feira (12/05) foram confirmadas quatro mortes que estavam em investigação para covid-19, por meio de exames. As vítimas tinham entre 48 e 78 anos de idade.

O município contabiliza 407 óbitos provocados pela doença desde o início da pandemia. Mais duas mortes suspeitas, ocorrida no dia 9 deste mês, entraram para o boletim epidemiológico. Há 17 mortes em investigação aguardando resultados de exames.

Desta forma, o município contabiliza 395 óbitos provocados pela doença desde o início da pandemia. Outra morte que estava em investigação foi descartada para covid-19. Agora há 12 mortes em investigação aguardando resultados de exames.

Ainda de acordo com o boletim, 18 novos casos foram confirmados, subindo para 10.743 o número de casos positivos. Desse total, 9.650 pessoas já estão curadas. Até o momento, 421 profissionais da saúde contraíram a doença. Há ainda 201 pessoas aguardando resultados de exames.

A Secretaria da Saúde reforça que é preciso que as pessoas continuem usando máscara, higienizando as mãos, fazendo uso de álcool em gel, mantendo o distanciamento social e evitando aglomerações. A conscientização da população sobre as medidas preventivas é fundamental.

Óbitos em investigação confirmados 

Dia 08/05 – homem de 48 anos que faleceu na Santa Casa de Birigui. Ele foi internado no dia 06 de maio e tinha doença cardiovascular crônica, diabetes mellitus e obesidade.

Dia 06/05 – mulher de 63 anos que faleceu no Pronto Socorro Municipal. Ela foi internada no dia 06 de maio e comorbidades não foram informadas.

Dia 14/04 – homem de 70 anos que faleceu no Pronto Socorro Municipal. Ele foi internado no dia 08 de abril e tinha asma.

Dia 23/03 – mulher de 78 anos que faleceu no Pronto Socorro Municipal. A data de internação não foi informada. Ela tinha doença cardiovascular crônica.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!