Oi, o que você está procurando?

Saúde

Agentes de combate a endemias realizam ações para combate do escorpião em Birigui

É importante também manter o quintal sempre limpo, evitando o acúmulo de madeiras, entulhos e restos de materiais de construção e folhas secas

Os agentes de combate a endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Birigui realizam ações para o combate e controle do escorpião no município. O principal objetivo é diminuir o número de acidentes e os riscos que representam para a saúde humana.

Dentre as atividades estão visitas em terrenos e imóveis, onde são realizadas buscas ativas e manejo ambiental do animal. Além disso, os agentes orientam os moradores sobre os cuidados que devem ter para evitar o aparecimento dos escorpiões, como a eliminação de criadouros.

“Em casos de terrenos com mato alto e materiais que possam servir de abrigo para o animal, informamos à Secretaria de Serviços Públicos para que providências sejam tomadas, como notificação do proprietário ou limpeza”, explicou Aline Lobato, chefe da Divisão de Vigilância e Controle de Vetores.

Prevenção

Para evitar o aparecimento de escorpiões, a população deve colaborar não jogando produtos químicos, venenos e inseticidas em quintais ou ralos. É importante também manter o quintal sempre limpo, evitando o acúmulo de madeiras, entulhos e restos de materiais de construção e folhas secas.

Deve-se manter tampados os ralos, tanques e pias que tenham acesso direto as redes de água e esgoto. Deve ainda manter fechadas as soleiras das portas e janelas quando começar a escurecer, além de vedar as frestas e buracos em paredes, assoalhos e vãos entre o forro e as paredes.

No ano passado, 639 pessoas foram picadas pelo animal. Neste ano já foram feitas 176 notificações de acidentes por escorpião. A picada pode acarretar sérios riscos à saúde e até levar ao óbito. Em 100% dos casos, a dor local é um sintoma que aparece logo após a picada.

Notificação

Em casos de acidentes, procure uma Unidade Básica de Saúde ou o Pronto Socorro para receber o tratamento o mais rápido possível. Ao encontrar o animal em casa, o morador deve comparecer na Divisão de Vigilância e Controle de Vetores ou ligar no (18) 3643-6274 para fazer a notificação.

Com a notificação, agentes treinados vão até o endereço para realizar a vistoria, executar as atividades de busca ativa e manejo ambiental, além de orientar os moradores de todas as ações que devem ser tomadas para evitar o aparecimento de outros escorpiões.

“É importante que o munícipe realize o manejo do ambiente dentro de sua residência e no quintal, mantendo-o sempre limpo, evitando assim que tais animais encontrem locais que possam se alojar. A prevenção é a melhor maneira de combater o escorpião”, completou Aline.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!