Oi, o que você está procurando?

Ilha solteira

Rapaz escapa de golpe da falsa investigação de pedofilia

O suposto delegado propôs que o rapaz pagasse R$ 7 mil para não dar entrada no processo

Imagem Ilustrativa

Um ilhense de 27 anos escapou do golpe da falsa investigação de pedofilia, também conhecido como golpe dos nudes (fotos sem roupas) ou golpe da falsa menor. As informações são do site Ilha News.

A vítima informou à polícia que na última quarta-feira (3) aceitou um/a solicitação de amizade no Facebook de Milene Souza e iniciou uma conversa.

A moça disse que tinha 22 anos e pediu o número do telefone, mas o rapaz informou que não passou

Entretanto, o rapaz disse que, na quinta-feira (4), Milene conseguiu o número do WhatsApp e tentou iniciar uma conversa, em seguida enviou um nudes e tentou uma chamada de vídeo.

á na sexta-feira (5), de manhã, o jovem ilhense recebeu uma mensagem de um suposto delegado da cidade de Canoas (RS) dizendo que ele estava sendo indiciado por pedofilia, pois Milene era menor de idade.

Ainda segundo relatos do rapaz, o delegado propôs que ele pagasse R$ 7 mil para não dar entrada no processo.

Ele ainda tentou conversar com o delegado para entender o que estava acontecendo, mas acabou percebendo que poderia ser um golpe e bloqueou o número.

O rapaz registrou o boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia de Ilha Solteira (SP) para preservação de direitos.

Golpe dos Nudes

Esse tipo de golpe vem sendo registrado com frequência em todas as regiões do país. Várias pessoas caíram no golpe e perderam dinheiro.

A abordagem é sempre a mesma, uma suposta jovem envia uma solicitação de amizade nas redes sociais. A partir daí, começam a trocar mensagens até que a mulher pede à vítima o número do WhatsApp.

No aplicativo de mensagens, a jovem envia fotos nuas e pede que a vítima faça o mesmo. Normalmente, a vítima envia as fotos e, algum tempo depois, recebe uma ligação ou uma mensagem de um número desconhecido.

Um homem se identifica como delegado e diz que possui informações pessoais da vítima, bem como fotos íntimas.

O falso delegado informa que a garota é menor de idade, mas propõe um acordo para não processar a vítima por pedofilia. A partir desse momento, a vítima começa a ser extorquida pelos golpistas

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
30