Oi, o que você está procurando?

ARAÇATUBA

Fisioterapeuta transforma dor em projeto para atender pacientes de Covid

A fisioterapeuta Ana Júlia Delbem, de Araçatuba, perdeu o pai e o tio para a Covid e lançou um projeto para ajudar os doentes com sequelas da Covid.

A fisioterapeuta Ana Júlia Antunes Delbem, de Araçatuba, transformou a dor da perda do pai e de um tio para a Covid-19 em uma forma de ajudar as pessoas. Ela criou o Projeto Respira Araçatuba, para auxiliar pacientes que têm ou tiveram a infecção pelo novo coronavírus e apresentam sequelas da doença.

A ideia é criar uma rede de voluntários para prestar atendimento on-line a estas pessoas. Só em Araçatuba, 15.751 pessoas tiveram Covid-19, segundo dados do boletim divulgado nessa quinta-feira (18) pela Prefeitura. Para isso, o projeto precisa de fisioterapeutas, nutricionistas, fonoaudiólogos, psicólogos, enfermeiros, médicos, pessoas que trabalham com reabilitação de olfato e paladar, assistentes sociais dentistas e pessoas que atuam com terapias alternativas, como ioga e meditação, para atuarem como voluntários.

Todo o atendimento aos pacientes será feito de forma on-line, em função da pandemia. Todo o trabalho será gratuito e sem fins lucrativos. Está previsto também um trabalho de acolhimento às famílias que perderam entes queridos e também aos profissionais de linha de frente, com atendimento psicológico e práticas de meditação, relaxamento e ioga.

Ana Júlia conta que decidiu ajudar as pessoas com Covid ou pós-Covid depois ter contraído o novo coronavírus e perder o pai e o tio, em uma única semana, para a doença. “Quero ajudar as pessoas de alguma forma. As pessoas precisam respirar”, afirmou.

Ela disse que entrou em contato com a Prefeitura para o encaminhamento destes pacientes ao projeto. A triagem também poderá ser feita por meio das redes sociais, onde os interessados deverão preencher um formulário para que os voluntários entrem em contato e iniciem o atendimento.

A previsão é que os trabalhos comecem em duas semanas, pois o projeto foi recém-criado e ainda necessita de voluntários. “Nossa primeira reunião foi na segunda-feira, dia 15, e já conseguimos 45 voluntários, mas precisamos de mais participantes”, disse Ana Júlia.

Os interessados em atuarem como voluntários devem entrar em contato pelo e-mail [email protected] ou pelas redes sociais do projeto: projetorespira.aracatuba, no Instagram e Facebook.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
40