Oi, o que você está procurando?

Região

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de queijos em Dracena

Foram encontradas cerca de 3 toneladas do produto, que estava armazenado em reservatórios plásticos sem qualquer tipo de selo sanitário

A Polícia Civil fechou, na quinta-feira (11), uma fábrica clandestina de queijos, que funcionava em uma chácara, localizada às margens da Rodovia Comandante João Ribeirão de Barros, no município de Dracena.

A ação foi deflagrada por agentes das Delegacias de Investigações Gerais e Sobre Entorpecentes (DIG|Dise) da cidade, que apurou informações indicando uma intensa movimentação de pessoas e veículos no referido local.

Com apoio da Vigilância Sanitária, os policiais foram até o local e encontraram vários recipientes plásticos, nos quais eram armazenados queijos de maneira inapropriada, desobedecendo as normas sanitárias.

Foram localizados ainda o maquinário usado para ralar e embalar queijos, sugerindo que o material era envasado para venda. Grande parte dos produtos encontrados mostravam-se visivelmente inapropriadas para o consumo.

No local foi abordado um homem que apenas prestava serviços de assistência nos maquinários ali existentes. A Polícia Civil instaurou inquérito de crime contra as relações de consumo para responsabilização do autor.

Foram encontradas cerca de 3 toneladas de queijo, que foram encaminhadas para uma vala no Aterro Sanitário Municipal, onde foram destruídas e enterradas.

A Vigilância Sanitária Municipal também elaborou para o proprietário da suposta fabrica, um Auto de Imposição de Penalidade, no valor de mais de R$ 6 mil.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!