Oi, o que você está procurando?

Enfrentamento ao Coronavírus

Atividade delegada recebe três denúncias de festas clandestinas em Andradina

Eventos que gerem aglomeração estão proibidos, para evitar a propagação do novo coronavírus

Festa clandestina em Andradina: desrespeito às regras de distanciamento e sem uso de máscaras - Foto: Divulgação

A serviço da Prefeitura Municipal de Andradina, os policiais militares que atuaram na Atividade Delegada no último sábado (13) receberam três denúncias sobre festas clandestinas em andamento.

Todas a denúncias foram averiguadas e em pelo menos dois dos casos havia iminente risco à vida por ter características favoráveis à disseminação da Covid-19.

Desde março de 2020 e até a primeira quinzena de fevereiro de 2021, a atividade delegada esteve amparando o poder público na fiscalização de aglomeração de pessoas durante da pandemia.

Foram inúmeras denúncias contra festas, baladas, bailes funks e pancadões, em desrespeito às restrições sanitárias estabelecidas pelo Plano São Paulo de Combate a Covid 19.

As denúncias

No sábado, a primeira denúncia recebida foi sobre uma festa de casamento em um restaurante nas proximidades da linha férrea, no centro velho de Andradina. Ao verificar a denúncia, os policias constataram que convidados e noivos estavam respeitando as normas de segurança, sem distanciamento e até sem uso de máscaras. Eles ainda voltaram ao estabelecimento, às 23h, e constataram que a festa já havia terminado.

A segunda denúncia foi contra uma choperia instalada em um posto de gasolina que reuniu mais de uma centena de pessoas sem a menor preocupação com horário ou normas de segurança. Toda a ação foi filmada e servirá para  enquadrar os proprietários e frequentadores que desrespeitaram as norma do Plano São Paulo e também o novo decreto municipal, editado há menos de dez dias.

Festa particular

A terceira denúncia também representou o modelo mais comum de infração. Um cidadão e seus convidados passaram do limite em uma festa particular em casa. Policias da Atividade Delegada alertam que este tipo de aglomeração é tão proibido quanto baladas, bailes funks e pancadões.

Segundo levantamento, já houve dezenas de denúncias deste tipo de atividade e, desta vez, não foi diferente. O proprietário da casa vai pagar por ter feito festa com aglomeração e ainda pela quebra do “sossego público”.

Denúncias

As denúncias podem ser feitas por telefone usado pela PM ou ainda na prefeitura municipal (Setor de Fiscalização), caso a festa ainda não tenha ocorrido. Os dados dos denunciantes são mantidos em sigilo total.

É necessário denunciar quando uma atividade põe em risco a saúde pública durante a pandemia do coronavírus. Andradina já ultrapassou a marca de uma centena de óbitos por conta da Covid-19 e os números não param de crescer.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!