Oi, o que você está procurando?

Enfrentamento ao coronavírus

Vacinação contra a Covid-19 em Araçatuba será feita em postos volantes ou por drive-thru

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, vacinação contra Covid-19 não será realizada nas Unidades Básicas de Saúde para evitar aglomerações

Município seguirá o cronograma do Estado, que prevê o início da imunização contra a doença no dia 25 de janeiro

A Prefeitura de Araçatuba informou. para a reportagem da Folha da Região, que a vacinação contra a Covid-19 no município não será igual às demais vacinas. A administração disse, via e-mail, que serão disponibilizados postos volantes e drive-thru para atender à demanda, e ainda não causar aglomerações. Araçatuba seguirá o plano estadual de imunização, previsto para começar no dia 25 de janeiro, e se prepara para instalar pontos de vacinação na cidade.

“A Secretaria de Saúde está em plena atividade na organização da campanha, com todos os setores envolvidos”, inicia a nota.

Segundo a pasta, as 20 Unidades Básicas de Saúde não prestarão atendimento para vacinação contra Covid-19. “Entendemos a necessidade de uma estratégia diferenciada para essa vacinação, principalmente para evitar aglomerações e manter o atendimento dentro dos parâmetros de normalidade”, diz.

A proposta da Secretaria de Saúde para executar a logística de vacinação é ter postos volantes das 8h às 19h em pontos estratégicos. Haverá um drive-thru, além de postos de vacinação nos shoppings, das 10h às 22 horas. Para esta força-tarefa, a secretaria também adiantou que haverá o envolvimento de uma grande equipe, designada para esta ação em específico.

Divulgação

Para comunicar a população sobre o cronograma de vacinação contra a Covid-19, que seguirá as datas definidas pela Secretaria do Estado da Saúde, a Prefeitura investirá em divulgação pela imprensa municipal e demais meios de comunicação, além do apoio dos agentes de saúde.

No entanto, todo esse planejamento vai depender do quantitativo de doses a ser destinado para Araçatuba, com mais de 190 mil habitantes. Por enquanto, ainda não há informação de quantas doses serão destinadas para a cidade.

Enquanto as doses não chegam, o que foi definido é que haverá um registro das doses aplicadas. Diferentemente de outras campanhas, a Secretaria Municipal de Saúde deverá lançar as doses da vacina nominalmente. As atenções se voltam ainda mais sobre como serão as estratégias adotadas para a realização da ação.

Na segunda-feira (11), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou orientações para vacinação em farmácias, caso estejam incluídas nas estratégias de campanhas de vacinação do Ministério da Saúde.

A nota técnica prevê recomendações na execução de testes rápidos, bem como as medidas de prevenção que devem ser adotadas durante a assistência aos casos suspeitos. Segundo a Anvisa, a orientação se aplica a toda a equipe da farmácia para minimizar o risco de exposição ao vírus para os clientes durante a pandemia da Covid-19.

“Como parte do sistema de saúde, as farmácias desempenham um papel importante na dispensação e fornecimento de medicamentos, administração de medicamentos, incluindo as vacinas e serviços de saúde ao público. É importante garantir a função contínua das farmácias durante a pandemia da covid-19. Durante a pandemia, a equipe da farmácia pode minimizar o risco de exposição ao vírus que causa o covid-19 e reduzir o risco para os clientes usando os princípios de prevenção e controle de infecções e distanciamento social”, argumenta a Nota Técnica.

 


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!