Oi, o que você está procurando?

Pandemia

São Paulo vacinou mais de 8 mil pessoas contra Covid-19

Nesta terça-feira (19) a vacinação começou nos HCs de Ribeirão Preto e Marília e no Hospital de Base de Rio Preto

Mulher segura frasco rotulado como de vacina para Covid-19 em foto de ilustração 10/04/2020 REUTERS/Dado Ruvic

O Governo de SP vacinou 8.250 contra Covid-19 até as 18h desta terça-feira (19). Hoje a vacinação começou no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto e Marília e no Hospital de Base de São José do Rio Preto. A imunização já havia começado no HC da Capital, de Botucatu e da Unicamp de Campinas.

Nesta quarta-feira (20), a vacinação começa no Hospital Regional de São José dos Campos, no Hospital dos Estivadores de Santos e no Hospital Regional “Adib Jatene” de Sorocaba.

Hoje o Governo do Estado de São Paulo distribui mais de 305 mil doses da vacina do Butantan, para seguimento da campanha de imunização contra COVID-19. As doses foram enviadas para 28 locais das regiões da Grande São Paulo, Sorocaba, Baixada Santista e Vale do Paraíba. As remessas destinam diretamente a 26 Prefeituras de cidades com mais de 30 mil habitantes e a outros dois Grupos de Vigilância Epidemiológica (GVE) regionais que farão a subdivisão para cidades menores em suas áreas de atuação. (confira aqui as regiões, cidades e número de doses)

No decorrer desta semana, as 645 cidades receberão seus quantitativos iniciais. Diariamente, a Secretaria divulgará os próximos destinos e quantitativos, dando transparência aos estoques previstos para cada local.

Neste primeiro momento, profissionais de saúde, idosos com mais de 60 anos e pessoas com deficiência vivendo em instituições de longa permanência, indígenas aldeados e quilombolas receberão as doses, com o apoio de equipes da atenção primária do SUS, segundo as estratégias adequadas ao cenário local.

Estes públicos são prioritários considerando os critérios de exposição de infecção e risco para agravamento ou óbito pela doença. A inclusão de novos grupos populacionais será norteada pelo PNI (Programa Nacional de Imunizações), do Ministério da Saúde.

A divisão das grades foi baseada no quantitativo proporcional de vacinas previsto para São Paulo conforme o PNI. O total de 1,5 milhão de doses é a referência para trabalhadores de saúde baseado na última campanha de vacinação contra a gripe. Esta mesma referência é utilizada para cálculo das grades regionais e para cada cidade.

A campanha de imunização contra a COVID-19 em São Paulo será desenvolvida segundo a disponibilidade das remessas do órgão federal. À medida que o Ministério da Saúde viabilizar mais doses, as novas etapas do cronograma e públicos-alvo da campanha de vacinação contra a COVID-19 serão divulgadas pelo Governo de São Paulo.

Vacinômetro

A Secretaria de Comunicação do Estado de São Paulo lançou nesta terça-feira (19) o “Vacinômetro”, ferramenta digital, desenvolvida em parceria com a Prodesp, que permite a qualquer pessoa acompanhar em tempo real o número de vacinados no estado. O “Vacinômetro” está disponível no portal do Governo de São Paulo.

A ferramenta será alimentada diretamente com as informações do “Vacivida”, plataforma digital integrada para monitorar toda a campanha de vacinação contra a COVID-19. Para garantir ainda mais transparência ao processo de imunização, os posts dos perfis oficiais do Governo do Estado de São Paulo também irão repercutir, diariamente, o número de vacinados no estado com base nos dados atualizados do “Vacinômetro”.

Dados atualizados às 18h

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!