Oi, o que você está procurando?

Pandemia

Araçatuba se mantém na fase laranja, mas vai para a vermelha aos finais de semana

Medida vale a partir da próxima segunda-feira (25) até o dia sete de fevereiro

O governo de São Paulo anunciou, nesta sexta-feira (22), que todo o Estado irá para a fase vermelha durante os finais de semana. Isso significa que comércio, bares e restaruantes, academias e salões de beleza não poderão abrir aos sábados e domingos, quando só poderão funcionar os serviços essenciais, como farmácias, supermercados e meios de transporte público. A medida vale também para Araçatuba, que irá permanecer na faixa laranja de segunda a sexta.

A novidade que impõe regras mais duras de isolamento social foi anunciada durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes e vale a partir de segunda-feira (25) até o dia sete de fevereiro. Na prática, a fase vermelha valerá para os fins de semana dos dias 30 e 31 de janeiro e 6 e 7 de fevereiro.

“Até que tenhamos a maioria dos brasileiros vacinados, a interrupção deste ciclo do vírus é necessária”, justificou o governador João Doria (PSDB), ao citar o aumento no número de casos, óbitos e internações em todo o Estado. A medida, conforme ele, é para evitar o colapso nos hospitais públicos e particulares.

Na 18ª reclassificação do Plano São Paulo, as regiões de Araçatuba, São José do Rio Preto, Araraquara, Ribeirão Preto, Piracicaba, São João da Boa Vista, Campinas, Registro, Grande São Paulo e Baixada Santista permanecem na fase laranja do Plano SP. Já as regiões de Presidente Prudente, Marília, Bauru, Sorocaba, Barretos, Franca e Taubaté regrediram para a fase vermelha. Nenhuma região será classificada nas fases amarela e verde até o dia oito de fevereiro.

Conforme o novo planejamento, após os finais de semanas e feriados, as regiões retornarão para as fases em que se encontravam. Ou seja, quem estava na laranja, como é o caso de Araçatuba, volta para a laranja, por exemplo.

A estratégia também prevê o fechamento de bares, restaurantes e de todos os serviços que não são considerados essenciais depois das 20h, todos os dias, de segunda-feira à sexta-feira, como já estava previsto na reclassificação anterior do Plano São Paulo, para os municípios que estavam na fase laranja e vermelha.

A medida tem por objetivo primordial evitar o estrangulamento da rede pública de saúde por causa do aumento do número de casos de Covid-19. A fase vermelha é a mais restritiva do Plano São Paulo de combate à covid-19: bares, restaurantes, comércio, parques, shoppings vão ser fechados nos finais de semana.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!