Oi, o que você está procurando?

SAÚDE BUCAL

Projeto educativo da FOA recebe mais de 20 mil kits da multinacional Colgate

Indústria que atua no segmento de produtos de higiene bucal doou 20,8 mil kits para alunos e 1,5 mil kits direcionados para agentes de saúde

A FOA – Unesp (Faculdade de Odontologia de Araçatuba), vem desenvolvendo um trabalho anualmente direcionado a orientação à saúde bucal de crianças em 24 cidades da região, e acaba de receber, da multinacional Colgate, indústria que atua no segmento de produtos de higiene bucal, 20,8 mil kits para alunos e 1,5 mil kits direcionados para agentes de saúde. O projeto “Fortalecimento da atenção básica à saúde bucal na primeiríssima e primeira infância” ficou popularmente conhecido como projeto “Sorriso Feliz”, e é direcionado para crianças do berçário ao ensino fundamental 1.

Uma das coordenadoras do projeto, professora doutora Alessandra Marcondes Aranega, explicou que o projeto consiste em um trabalho de orientação e prevenção junto aos pais, por meios das escolas, em 24 cidades da região, sendo os focos com maior abrangência, Araçatuba e Birigui.

Os kits recebidos são passados às escolas com folhetos educativos, que são entregue aos pais. Nas escolas, integrantes do projeto também realizam avaliação nas crianças para constatação do índice de cárie. Quando é encontrado um problema, os pais também recebem orientação a parte. Em 2020 cerca de 30 mil crianças foram atendidas pelo “Sorriso Feliz”, que foi idealizado em 2012 pelo professor titular Wilson Galhego.

O projeto tem sido inovado pela tutora do Programa de Educação Tutorial da FOA-UNESP, Alessandra Marcondes Aranega, que tem aplicado tecnologia social simples com grande impacto para a qualidade de vida, saúde e segurança das crianças, além de impulsionar medidas de políticas públicas para que todos falem os envolvidos no projeto falem a mesma língua.

Como 2020 foi um ano atípico devido às restrições impostas por medidas em função do protocolo sanitário, incluindo o isolamento social, uma das inovações foi a realização de um trabalho apoiado em plataformas online, como o aplicativo whatsapp.

Para que a mensagem chegasse até os pais, a equipe da FOA produziu u vídeo com orientações, que foram encaminhados aos professores das escolas infantis, os quais repassaram aos pais. O trabalho, além de Araçatuba e Birigui, incluiu cidades da região onde residem alunos do curso, que ficaram responsáveis por levar o projeto adiante, com apoio da equipe organizadora. De forma presencial ou virtual, o projeto se engaja na conscientização para que haja uma crescente rotina na limpeza da boca das crianças a fim de que a cárie seja debelada.

O projeto, ao interagir com os diretores e educadores das creches ou escolas do ensino infantil ou fundamental, tem solicitado que projetos pedagógicos relacionados à saúde bucal sejam incorporados como planos de atividades desenvolvidos pelos educadores para as diversas fases da criança. É importante destacar a participação dos pais para o desenvolvimento das tarefas com as crianças para que o hábito seja incorporado pela criança e também pela família.

“Todos aprendem a forma certa de escovarem os dentes e todos se lembram que esse é um hábito diário. Cuidar da saúde bucal da criança é também cuidar de seu futuro”, explicou Alessandra. Apesar de há anos estar sendo oferecido na modalidade presencial para a cidade de Birigui e pontualmente para outras cidades da região, em 2020 o projeto deu continuidade as suas ações de prevenção da doença cárie de forma virtual, estendo reuniões pela plataforma Google Meet para 24 cidades.

Por intermédio de duas lives, outras 43 cidades puderam acompanhar as orientações do projeto, sob o apoio da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação em duas de suas regionais, além da área técnica da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. As Lives podem ser acessadas no canal do youtube, digitando o nome popular “Sorriso Feliz”. Atualmente com bolsista da Pró-reitoria de Extensão da Unesp, Marco Picolini Filho tem criado vídeos de orientação para circulação rápida.

O projeto não cancela ou compete com projetos de saúde bucal que possam estar em andamento nas creches ou escolas da cidade, pelo contrário, ele pretende impulsioná-los para que as ações ganhem repercussão e motivem a criança e seus pais a escovarem os dentes todos os dias. O projeto, que já é lei nos municípios de Birigui e Coroados, foi ingressado em atividade pontual emergencial junto à Secretaria Municipal da Educação na cidade de Araçatuba no dia 10 de junho de 2020 pela Secretária de Educação Silvana de Sousa e Souza e também tem feito parte do Contrato Organizativo de Ação Pública de Ensino – Saúde junto à Prefeitura Municipal de Araçatuba.

Alessandra explica que nem todas as crianças frequentam a escola e algumas vivem em condições de vulnerabilidade. Por isso que, além da criança ser o alvo principal do projeto, é imprescindível que os agentes comunitários, após capacitação, inicialmente como um outro alvo do projeto, passem a ser também mais um promotor da saúde da criança, levando a ela e a seus pais a importância da higiene bucal diária em sua casa.

Esse é um passo a ser dado ainda no início de 2021, uma vez que a parceria entre os órgãos necessários já é existente e é da vontade de muitos que haja a ampliação de propostas para a política pública que vise a promoção da saúde bucal de mais crianças no município, na região, no Estado, no País e no mundo.

Nesta terça-feira (22) a FOA recebeu da multinacional Colgate os kits para realização de mais uma etapa do projeto, que envolvimento e participação de vários docentes, incluindo os diretores Glauco Issamu Miyahara e Alberto Carlos Botazzo Delbem e por seus colaboradores Prof. Assoc. Robson Frederico Cunha, Profa. Ass. Dra. Ana Claudia Stevanato de Melo Nakamune, Profa. Dra. Alaíde Gonçalves, Prof. Ass. Dr. Antônio Hernandes Chaves Neto, Profa. Assoc. Cristiane Duque, Prof. Assoc. Cristina Antoniali Silva, Profa. Titular Doris Hissako Matsushita, Prof. Assoc. Juliano Pelim Pessan, Prof. Assoc. Marcos Rogério de Mendonça, Prof. Ass. Dra. Rita Cássia Megati Dornelles e Profa. Titular Sandra Helena Penha de Oliveira.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!