Oi, o que você está procurando?

Versão

Homem acusado de atropelar cachorro e mulher se apresenta na Polícia e dá versão para o caso

Ele negou que tenha atingido a vítima e afirmou que na ocasião um rapaz que acompanhava a mulher, no caso o filho dela, acabou por danificar seu veiculo

Um homem de 38 anos apontado como autor de um atropelamento que teria sido proposital e resultado na morte de um cachorro da raça fox paulistinha e em lesões no joelho da dona do animal, uma autônoma de 46 anos, procurou a polícia para se apresentar e dar sua versão sobre o caso. A vítima registrou outro b.o. alegando que ainda teria sido ameaçada pelo homem após os fatos.

De acordo com a autônoma, na noite desta terça-feira (15) ela e o filho, um auxiliar administrativo de 22 anos, estavam descarregando compras do carro, no bairro Claudionor Cinti, em Araçatuba, quando o cachorro escapou. A mulher correu atrás, no momento em que surgiu o veículo Ford Edge.

Ela afirma que deu sinal para que o condutor parasse o veículo e foi tentar pegar o cãozinho. Conforme relatou à polícia, repentinamente o motorista do carro acelerou e passou por cima do cachorro, e ainda a atropelou.

O filho correu para socorrê-la e o homem acelerou o carro para cima dele, sendo que o rapaz saiu da frente para não ser atropelado. O homem deu ré no carro e fugiu. Uma testemunha presenciou o fato e apontou a casa do homem, na mesma rua.

Se apresentou

Na manhã desta quarta-feira (17) o homem procurou à polícia para dar sua versão sobre o caso. Ele disse que na verdade a versão dada pela mulher não condiz com a realidade, pois o animal teria escapado da residência saindo na rua direto em direção ao seu carro, sendo que não houve tempo de frear.

Ele negou que tenha atingido a vítima e afirmou que na ocasião um rapaz que acompanhava a mulher, no caso o filho dela, acabou por danificar seu veiculo tentando agredí-lo. Para evitar o conflito ele foi embora para sua casa, que fica na mesma rua. Na manhã seguinte foi até a residência da mulher para conversar a respeito dos danos no veiculo, e acabou sendo ofendido. Ele negou ter feito ameaças.

Ameaça

Na manhã de quarta-feira (16) a mulher registrou outro boletim de ocorrência por ameaça. Ela disse que o dono do carro branco foi até sua casa para cobrar o conserto do carro, dizendo que iria ficar caro. Ainda conforme o boletim de ocorrência, o homem teria feito ameaças que foram gravas e serão apresentadas para juntar ao inquérito que investiga o caso.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!