Oi, o que você está procurando?

UniSalesiano

Alunos de Nutrição produzem e divulgam vídeos sobre compostagem

A atividade foi feita pelo método chamado Indor, que visa transformar restos orgânicos em adubo

Alunos do Curso de Nutrição do UniSALESIANO aprenderam a fazer uma composteira caseira dentro da Disciplina de Nutrição Funcional II, ministrada pela Prof.ª Daniela Navarro D’Almeida Bernardo. A atividade foi aplicada de forma remota, no dia 30 de novembro, para 32 acadêmicos do 8º termo.

O objetivo, segundo a Prof.ª Daniela, foi estimular a produção orgânica e a utilização de restos de alimentos para este fim, contribuindo com a preservação do meio ambiente.

“Além disso, foi tornar esses alunos multiplicadores do conhecimento, ou seja, o que aprenderam em casa, divulgaram para familiares e amigos através das redes sociais”, disse a Prof.ª Daniela.

A turma desenvolveu, na prática, vídeos sobre como montar uma composteira caseira com o método chamado Indor, que visa transformar restos orgânicos em adubo.

“Os alunos foram surpreendentes na criatividade e colocaram em prática todo o conteúdo exposto na aula teórica de forma mais dinâmica”, explicou a docente.

De acordo com a Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais), por dia, são geradas 56 mil toneladas de lixo no Estado de São Paulo. Desse total, 16.800 toneladas (30%) poderiam ser usadas na compostagem, evitando que menos lixo fosse destinado aos aterros sanitários, com menos poluição e emissão de gases poluentes.

“A compostagem recicla nutrientes, como: nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio e enxofre, que promovem um melhor aporte nutricional para o alimento produzido por este método”, finalizou a Prof. Daniela.

Confira abaixo os links de acesso aos vídeos produzidos pelos alunos de Nutrição:

https://1drv.ms/v/s!Aioutx1CZWBapXVMQnBzFFDOFmIO

https://drive.google.com/file/d/1J2Pmwg_G0Gi3CjC1KPDPFHQLr-35Wxvf/view?usp=drive_open

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!