Oi, o que você está procurando?

POLÍTICA

Câmara de Penápolis aprova por unanimidade CP que pode cassar prefeito

Vereadores penapolenses aprovaram, por unanimidade durante sessão ocorrida na noite dessa segunda-feira (9), a abertura de uma CP (Comissão Processante) que poderá cassar o mandato do prefeito Célio de Oliveira (sem partido) por supostas irregularidades no contrato do Executivo com a OSS (Organização Social de Saúde) da Irmandade da Santa Casa de Birigui.

A denúncia foi lida e apresentada pelos parlamentares Rodolfo Valadão Ambrósio, o Dr. Rodolfo, e Ester Maria Sezalpino Mioto, ambos do PSD. Eles tiveram acesso a provas colhidas durante as investigações que resultaram na Operação Raio X, desencadeada no último dia 29 e que teve a prisão de diversas pessoas, entre elas o ex-secretário de Saúde, Wilson Carlos Braz.

O pronto-socorro da cidade foi administrado pela OSS – investigada na operação que apura desvios de recursos da Saúde – de 2018 ao final do ano seguinte. Na sessão do Legislativo, foi feita a leitura do relatório e, em seguida, feita a votação, aprovada por unanimidade.

Membros

Os membros da comissão já foram definidos, sendo Bruno Marco (PSD), Evandro Tervedo Novaes (PTB) e Francisco José Mendes, o Tiquinho (PSDB). Agora, eles formalizarão, em até cinco dias, a denúncia ao prefeito, que terá dez dias para apresentar defesa, indicar provas e arrolar testemunhas. Após isso, a comissão emitirá parecer opinando pelo prosseguimento ou arquivamento da denúncia.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!