Oi, o que você está procurando?

COLUNA BENDITA LÍNGUA

A pandemia expõe mais os erros

Foto: Hélio Consolaro

Hélio Consolaro | A pandemia obrigou as pessoas a escrever avisos, plaquetas. Isso deixou o desconhecimento da língua escrita mais exposto.

A placa em estudo encontrei numa loja da qual sou cliente. Vi. Tirei o celular e atirei. Está aí, caro leitor, a foto para analisarmos.

Erro 1: distância tem acento, distanciamento não. Quem escreveu misturou as regras. Distância é acentuada porque se trata de uma paroxítona terminada em ditongo.

Erro 2: com a forma escrita, a fé é que vai passar, não é a pandemia. Seria mais correto escrever: “Fé! A pandemia vai passar!” ou “Fé. Dias melhores virão!” ou numa linguagem mais informal, ficaria: “Fé. Essa desgraça vai passar!”

Erra menos ao escrever quem não tem muita certeza, consulta o amigo, o dicionário, pede a correção de alguém.

Hélio Consolaro é professor de Português

www.benditalingua.blogspot.com.br

[email protected]

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!