Oi, o que você está procurando?

FLAGRANTE

Moça esfaqueada por cliente recebe alta. Acusado foi agredido por populares

A moça foi socorrida com seis perfurações pelo corpo, inclusive no escoço, mas não corre risco de morte

O foragido da Justiça Ronaldo Carlos Pereira Júnior, 28 anos, foi detido e agredido por populares após esfaquear uma garota de programa de 21 anos no bairro Água Branca, zona leste de Araçatuba, na manhã desta quarta-feira (29). A Polícia apurou que ele passou a noite com a moça, não tinha dinheiro para pagar pelo programa e ainda tentou roubar a vítima e passou a agredí-la ao, perceber que ela não teria dinheiro.

De acordo com o tenente PM Lugão, que atendeu a ocorrência, os policiais apuraram que o rapaz estava fazendo programa com a vítima pela segunda vez. Ele chegou na noite de terça-feira (28) na residência, que é uma kitnet localizada no bairro Água Branca. Desta vez eles combinaram pela pernoite, o valor de R$ 400.

Tenente PM Lugão fala sobre caso da moça esfaqueada hoje no Água Branca

Posted by Regional Press on Wednesday, July 29, 2020

Por volta das 9h30 desta quarta-feira o homem pegou uma faca. Ele estava descontrolado e ameaçou a vítima pedindo dinheiro. A moça, inicialmente, pensou que fosse brincadeira. Depois percebeu que o homem estava tentando assaltá-la, e explicou que não tinha dinheiro porque os recebimentos haviam sido feitos pelo cartão.

O acusado passou a agredir a vítima com chutes e ela correu para uma janela do portão, pedindo socorro. O homem passou a golpeá-la com a faca, atingindo seis golpes no pescoço, cabeça, nas costas e também no braço. Vizinhos abriram o portão e homem foi rendido por um popular, com um golpe de gravata. Um outro vizinho conseguiu tomar a faca das mãos do acusado.

Em seguida ele subiu na moto para fugir e foi derrubado por populares, que o agrediram antes da chegada da Polícia Militar. Vítima e acusado foram socorridos. A moça passou por atendimento onde foi constatado que nenhum órgão vital foi atingido pelos golpes, e ela teve alta no final da tarde desta quarta-feira.

Policiais militares indagaram o acusado, o valor que iria pagar pelo programa, ele confirmou que seriam R$ 400 para passar a noite com a moça. Questionado sobre o dinheiro, disse que não tinha e iria pagar com cartão. Ao pedirem para que mostrasse o cartão, ele confessou que não tinha. A Polícia desconfia que o homem já foi sem dinheiro e com intuito de assaltar a vítima.

O criminoso foi preso em flagrante e os policiais constataram ainda que é fugitivo da justiça, com passagens por roubo e tráfico. Ele foi beneficiado com uma saidinha temporária, de uma unidade prisional em Mongaguá, e não retornou. Vizinhos disseram que a moça é uma pessoa que se dá bem com todos e inclusive ajuda pessoas necessitadas.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!