Oi, o que você está procurando?

SAÚDE PÚBLICA

Araçatuba ultrapassa os 1.800 casos de dengue em 2020

Foto: Raul Santana/Fundação Oswaldo Cruz/Divulgação

Araçatuba registrou, até essa sexta-feira (19), 1.801 casos de dengue, 133 a mais em comparação à última atualização do município, feita no dia cinco de junho, quando havia 1.668 casos da doença.

Geralmente, a Prefeitura encaminha os dados da Vigilância Epidemiológica às sextas-feiras, mas como dia 12 de junho foi ponto facultativo, não houve atualização dos casos.

Os principais sintomas da dengue são febre alta, dores musculares intensas, dor ao movimentar os olhos, mal-estar, falta de apetite, dor de cabeça e manchas vermelhas no corpo. No entanto, a infecção por dengue pode ser assintomática (sem sintomas), leve ou grave. Neste último caso pode levar até a morte.

Normalmente, a primeira manifestação da dengue é a febre alta (39° a 40°C), de início abrupto, que geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, além de prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pele. Perda de peso, náuseas e vômitos são comuns. Em alguns casos também apresenta manchas vermelhas na pele.

PREVENÇÃO

A melhor forma de prevenção da dengue é evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, eliminando água armazenada em recipientes que podem se tornar possíveis criadouros, como vasos de plantas, pneus, garrafas plásticas, piscinas sem uso e sem manutenção, e até mesmo em recipientes pequenos, como tampas de garrafas.

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!