Oi, o que você está procurando?

pandemia

Isolamento social em Araçatuba despenca para 39%, mesmo índice de antes da quarentena

O governador João Doria (PSDB) disse que só vai liberar a flexibilização a partir de 11 de maio para os municípios que apresentarem índice superior a 50% de isolamento

O índice de isolamento social em Araçatuba voltou a cair nessa terça-feira (5) e é o segundo pior do Estado de São Paulo, com apenas 39% da população em casa, mesmo número registrado antes da quarentena, que teve início em 24 de março.

O percentual só supera o de Limeira, que registrou 38%, e torna mais distante a possibilidade de flexibilização para a retomada gradual das atividades econômicas e sociais após o término da terceira etapa da quarentena imposto pelo governo estadual para conter o avanço do novo coronavírus.

Conforme o governador João Doria (PSDB), só terão autorização para a flexibilização os municípios que apresentarem índices acima de 50% de isolamento social, medido pelo Sistema de Monitoramento Inteligente do Estado de São Paulo.

Doria pretende implantar, a partir de 11 de maio, o chamado Plano São Paulo, que levará em consideração os dados epidemiológicos de cada região e localidade para autorizar a retomada das atividades. Dentre eles estão o número de casos de Covid-19 e de leitos de UTI, quantidade de testes disponíveis e, ainda, os índices de isolamento.

No sábado (2), 44% dos araçatubenses respeitaram a quarentena e ficaram em casa; no domingo, o índice saltou para 51%. Na segunda-feira (4), no entanto, despencou para 40% e, nessa terça, chegou aos 39%, mesmo índice registrado no dia 20 de março, antes do início da quarentena.

AUTUAÇÕES

Questionada, a Prefeitura de Araçatuba informou que tem feito visitações diárias aos estabelecimentos considerados essenciais, através de seus fiscais, com apoio da Guarda Municipal.

O município, no entanto, disse que possui apenas dez fiscais que efetuam as notificações e autos de infração. O número equivale a um fiscal para cada 20 mil habitantes, levando-se em conta a população da cidade, que é de 197 mil pessoas aproximadamente, segundo o IBGE.

Até o momento, segundo a Prefeitura, foram feitas 490 notificações e 9 autos de infração por descumprimento das regras impostas durante a quarentena. A Prefeitura editou dois decretos que determinam o controle de acesso de pessoas, além de recomendações de distanciamento e cuidados com higiene.

O telefone 153 da Guarda Municipal, que funciona 24 horas, está recebendo as denúncias. De acordo com o Governo do Estado, a Policia Militar também está dando apoio na fiscalização em caso de aglomerações e desrespeitos ao decreto estadual. Desta forma, as pessoas podem acionar também o 190.

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
62