Oi, o que você está procurando?

TENTATIVA DE FEMINICÍDIO

Mulher que teve 50% do corpo queimado pelo companheiro permanece na UTI da Santa Casa de Araçatuba

Equipe médica tentou transferi-la para uma unidade especializada em queimados, mas não encontrou vagas nos 20 hospitais consultados

A mulher de 34 anos que sofreu queimaduras de segundo grau em 50% do corpo, após seu companheiro jogar etanol e atear fogo sobre ela, permanece internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Geral da Santa Casa de Araçatuba, em quadro clínico estável.

A paciente está lúcida e se comunica normalmente, segundo a assessoria de imprensa do hospital. “Estão sendo feitos os curativos necessários para tratar as queimaduras e os ferimentos estão controlados”, informou a Santa Casa. As queimaduras têm predominância no tórax, abdome, membros superiores e inferiores.

Conforme o hospital, houve uma tentativa de transferir a paciente para uma unidade especializada em queimados. A equipe médica buscava preservá-la de infecções, principalmente após ter sido informada que um vizinho, na tentativa desesperada de ajudar a mulher, rolou com ela em uma poça de detritos de esgoto que escorria próximo à calçada, para apagar as chamas.

No entanto, foram consultados 20 hospitais especializados em queimaduras, todos sem vagas disponíveis, por isso, ela irá permanecer na UTI Geral da Santa Casa.

O CASO

O caso, registrado como tentativa de feminicídio, aconteceu na madrugada do dia 1º na rua Judith Macharet, no Jardim Rosele, zona norte de Araçatuba. De acordo com o boletim de ocorrência, o acusado, que é um ajudante de 25 anos, a mulher e um amigo, estavam bebendo em uma festa e depois foram para a residência do casal.

O acusado e o amigo discutiram, e o ajudante pegou uma faca, fazendo com que esse amigo fosse embora. Depois começou uma discussão entre o ajudante e sua mulher. Um vizinho que chegava de carro no momento do desentendimento, viu o ajudante jogando algo na mulher, com um galão, e imaginou que fosse água.

Depois ele ainda ouviu o autor dizendo que iria colocar fogo na mulher. De acordo com essa testemunha, de repente ele viu o corpo da mulher em chamas, no quintal da frente da casa onde ela mora. No desespero, ele tentou abraçar a mulher para conter o fogo, e como não conseguiu, rolou a mulher em uma água de esgoto que escorria próximo a calçada.

A unidade de resgate do Corpo de Bombeiros e o Samu foram acionados e a vítima foi então levada ao pronto-socorro da santa Casa, sendo encaminhada direto para o setor de Urgência e emergência, onde ficou internada. O acusado foi preso em flagrante no local do crime e ficou à disposição da Justiça.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!