Oi, o que você está procurando?

mistério

Dilador se encontra com Luciano Hang, dono das Lojas Havan

Tanto o prefeito quanto o empresário não divulgaram o teor da conversa, mas nos bastidores políticos comenta-se que o tema principal foi a recuperação do Centro Cultural Ferroviário, interditado desde 2009

O prefeito Dilador Borges (PSDB) esteve em Brusque (SC), para um encontro com o empresário Luciano Hang, proprietário das Lojas Havan. Nos bastidores políticos, comenta-se que um dos temas tratados pelos dois seria a revitalização do Centro Cultural Ferroviário, localizado na Avenida dos Araçás.

Em um vídeo publicado em seu Facebook, Dilador agradeceu a receptividade de Hang e elogiou o sistema moderno de gestão do empresário. Segundo o prefeito, os dois conversaram sobre o setor empresarial, sem citar, no entanto, o conteúdo do bate-papo.

“Logo teremos boas notícias para Araçatuba”, afirmou o prefeito, em tom de mistério. Na sequência, elogiou o empresário. “O Luciano tem um sistema moderno de ser empresário, de empregar, de produzir e de defender as necessidades do País”, afirmou.

Luciano Hang, por sua vez, também manteve o tom de mistério. “Quem sabe a gente estará entrando em um projeto pela cidade”, disse, ao afirmar que tem um amor especial por Araçatuba.

“A cidade é quente de clima e de coração. Eita gente boa esse povo de Araçatuba, prefeito. Logo, logo estarei visitando a nossa loja e cada vez mais quero investir na cidade”, falou.

Dilador foi acompanhado dos secretários de comunicação, Jonathas Magalhães; de Planejamento Urbano e Habitação; e do de Esportes e Cultura, Sérgio Tumeleiro.

CENTRO CULTURAL

Em dezembro de 2016, a Havan firmou uma parceria com a Prefeitura e o Instituto Pedra, de São Paulo, e se comprometeu a investir, por meio do programa de incentivo Proac (Programa de Apoio à Cultura), cerca de R$ 3 milhões na reforma e revitalização do Centro Cultural Ferroviário.

Em 2018, foi realizada uma consulta pública pelo Instituto Pedra, que apontou sugestões e um projeto arquitetônico preliminar para o espaço, que está interditado desde setembro de 2009, por ter sua estrutura avariada e o telhado comprometido.

O Centro Cultural Ferroviário é tombado como patrimônio histórico do município e também pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo). O local funcionava como oficina das locomotivas, no início do século passado.

A próxima etapa do projeto do Instituto Pedra, conforme relatado em 2018, era levantar os custos para a recuperação do Centro Cultural e inscrever o projeto em financiamentos culturais por meio de leis de incentivo à cultura.

Dilador e Luciano Hang

Estive nesta segunda-feira na cidade de Brusque, em Santa Catarina, para uma visita ao empresário Luciano Hang. Durante o encontro conversamos sobre o setor empresarial e logo teremos boas notícias para Araçatuba. O Luciano é um visionário e sua empresa, Havan, é uma das grandes geradoras de emprego e renda em nossa cidade. Vamos em frente!

Posted by Dilador Borges on Monday, January 27, 2020

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!