Oi, o que você está procurando?

prejuízo

Apicultora perde colmeias após pulverização com avião agrícola em Birigui

Uma apicultora de Birigui, que pediu para não ser identificada, perdeu cinco colmeias de abelha oropa depois que um avião passou jogando veneno sobre uma plantação de cana existente ao lado da propriedade onde ficam as colmeias, na última terça-feira. Ela está informando os órgãos competentes e disse que ainda esta semana fará um boletim de ocorrência.

A apicultora contou que na terça-feira (21) pela manhã presenciou um avião fazendo voos altos para jogar veneno em uma plantação de cana ao lado de sua propriedade. Já no período da tarde ela disse que as abelhas começaram a morrer. Das cinco colmeias, três já haviam sido dizimadas e as outras duas estavam com muitas abelhas mortas ao redor.

De acordo com a mulher, uma outra vizinha, que tem duas colmeias, também perdeu as abelhas após a atuação deste avião. Ela explicou que na propriedade são produzidas verduras orgânicas, e como a pulverização de veneno pelo avião atingiu as abelhas, ela teme que pode ter caído sobre as hortaliças, que podem ficar comprometidas em caso de análise para constatação de que realmente são produtos orgânicos, ou seja, produzidas sem utilização de agrotóxicos.

Com a perda das cinco colmeias a apicultora poderá deixar de recolher entre 60 e 300 quilos de mel no ano, já que cada colmeia, conforme a florada, pode produzir de 12 até 60 quilos de mel, em média.

Ela acionou a Polícia Ambiental de Birigui e de Araçatuba e também à Cetesb e Secretaria da Agricultura, mas não sabe se haverá algum tipo de providencia. Ainda esta semana irá procurar a Polícia Civil para registrar um boletim de ocorrência na tentativa de identificar a autoria e responsabilidade do caso. A mulher disse que como é uma pequena produtora rural, não iria querer se identificar, temendo possíveis represálias.

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!