CONECTE CONOSCO

Saúde

Secretaria da Saúde mantém vacinação contra sarampo para bebês

Publicado em



O Estado de São Paulo segue vacinando contra sarampo bebês com idade entre 6 meses a menores de 12 meses, conforme recomendado pelo Ministério da Saúde. A faixa etária é considerada mais vulnerável a casos graves e óbitos, e representa cerca de 15,3% do total de casos registrados em SP.

A vacina tríplice viral protege contra sarampo, rubéola e caxumba. É importante que este público compareça aos postos de saúde preferencialmente com a carteirinha de vacinação para que um profissional verifique a necessidade de aplicação da dose.

O calendário nacional de vacinação prevê a aplicação da tríplice aos 12 meses e também aos 15 meses para reforço da imunização com a tetraviral, que protege também contra varicela. Neste ano, os bebês com menos de 12 meses também devem receber a chamada “dose zero”, que não é contabilizada no calendário.

Há contraindicação para bebês com menos de 6 meses. A recomendação para os pais e responsáveis por crianças nessa faixa etária é evitar exposição a aglomerações, manter higienização adequada, ventilação adequada de ambientes, e sobretudo que procurem imediatamente um serviço de saúde diante de qualquer sintoma da doença, como manchas vermelhas pelo corpo, febre, coriza, conjuntivite, manchas brancas na mucosa bucal. Somente um profissional de saúde poderá avaliar e dar as recomendações necessárias.

As salas de vacinação devem fazer triagem de crianças que tenham alergia à proteína lactoalbumina, presente no leite de vaca, para que estas recebam a dose feita sem esse componente. Para as crianças com alergia grave ao ovo, é recomendável procurar orientação médica, para que a Vigilância Municipal agende o atendimento em serviço apto a administrar da vacina em ambiente controlado e com condições de realizar o atendimento de anafilaxia (reação alérgica grave), caso necessário.

Outros públicos

Entre 18 e 30 de novembro, acontecerá a segunda fase da campanha de vacinação, focada em jovens de 20 a 29 anos. Esse grupo poderá receber a dose da tríplice ou da dupla viral (sarampo e rubéola), conforme a indicação do profissional de saúde.

A primeira fase ocorreu entre os dias 7 e 25 de outubro e imunizou cerca de 400 mil crianças na faixa de 6 meses a menores de cinco anos de idade.

Os municípios devem ainda seguir realizando ações de bloqueio diante da notificação de casos da doença.

A vacina é contraindicada também para pessoas imunodeprimidas e gestantes. Pessoas nascidas antes de 1960, na sua maioria, já tiveram a doença na infância e possuem imunidade (proteção) por toda a vida, não necessitando ser vacinadas, conforme diretriz do Ministério da Saúde.

As pessoas que tiverem dúvidas quanto à imunização adequada devem procurar um posto, com a carteira vacinal em mãos, para que um profissional de saúde verifique a necessidade de aplicação, que ocorrerá de forma “seletiva”, ou seja, apenas em quem tiver alguma pendência.

O Programa Estadual de Imunização prevê que crianças e adultos, com idade entre um ano a 29 anos, devem ter duas doses da vacina contra o sarampo no calendário. Acima desta faixa, até 59 anos, é preciso ter uma dose. Não há indicação para pessoas com mais de 60 anos, pois esse público potencialmente teve contato com o vírus, no passado.

Cenário epidemiológico

O Centro de Vigilância Epidemiológica estadual realiza monitoramento contínuo da circulação do vírus. Neste ano, até o momento, há 8.516 casos confirmados laboratorialmente. Considerando que o vírus já circula em todo o território paulista, conforme prevê no Guia de Vigilância Epidemiológica do Ministério da Saúde, o Estado também confirma casos com base no critério clínico-epidemiológico (ou seja, com base em sintomas e avaliação médica), englobando outros 2.579 casos. Cerca de 56,2% do total de casos se concentram na capital.

Neste ano, desde agosto, houve 14 mortes decorrentes de complicações pelo sarampo, incluindo uma anunciada nesta semana: uma menina residente em Limeira, com 1 ano e 10 meses, faixa etária considerada mais vulnerável a complicações pela doença. É possível verificar os dados já registrados, por município, neste link.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante

Saiba Mais

Sai lista dos aprovados no concurso da GCM de Araçatuba

Publicado em

A Prefeitura de Araçatuba publicou, nesta terça-feira (19), os nomes dos candidatos aprovados no concurso público nº 02/2018, para os cargos de guarda civil municipal, com lotação na Secretaria Municipal de Segurança (SMSEG).

No total, foram 90 pessoas convocadas, sendo 14 do sexo feminino e 76 do sexo masculino. A jornada é de 44 horas semanais.

Todos os candidatos aprovados terão até 30 dias, contados a partir desta terça-feira (19), para se apresentarem à prefeitura e tomar posse do cargo.

Clique aqui e confira a lista disponibilizada no site da Prefeitura de Araçatuba, no campo “PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAÇATUBA CONCURSO PÚBLICO N.º 02/2018 EDITAL DE DIVULGAÇÃO DA CLASSIFICAÇÃO DEFINITIVA”.

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

utilidade pública

Samar realiza nesta quarta-feira procedimentos com interdição de vias

Publicado em

A Samar (Soluções Ambientais de Araçatuba) realizará, nesta quarta-feira (20), das 8h às 14h, procedimentos que devem interditar temporariamente trechos de três ruas de grande fluxo de veículos. Os procedimentos não deverão afetar o abastecimento.

No trecho da rua Cristiano Olsen, na esquina com a rua Torres Homem, será realizado reparo de poço de visitas. A via estará liberada até as 14h.

Já na rua Silva Jardim, entre as ruas Coelho Neto e Chiquita Fernandes, será realizado reparo de ligação de água. A via estará liberada até as 12h.

Na rua Tabajaras, entre a Torres Homem e Bernardino de Campos, também será realizado reparo de ligação de água. A via estará liberada até as 12h, segundo a Samar.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998