Fique Ligado!

Oi, o que você está procurando?

POLÍTICA

Munícipe pede a cassação do prefeito de Valparaíso e de seu filho, que é vereador

O prefeito de Valparaíso, Lúcio Santo de Lima (MDB), enfrenta a terceira denúncia, por possível infração político-administrativa, desde que assumiu o mandato, em março de 2018. Em denúncia protocolada na Câmara Municipal, o desempregado Tiago José Martins, 27 anos, acusa o chefe do Executivo de ter exigido à direção da Santa Casa de Valparaíso que o demitisse do cargo de auxiliar de manutenção por perseguição política.

O desempregado mantinha um contrato de experiência com a Santa Casa de Valparaíso por 90 dias, com início em 22 de julho de 2019 e término em 19 de outubro. No entanto, fora dispensado no dia 20 de setembro.

Ainda conforme a denúncia, que tem anexado um CD com um áudio do prefeito, Lima teria ameaçado “tomar providências”, caso o funcionário não fosse cortado do quadro da Santa Casa. O documento foi protocolado na Câmara na sexta-feira (25).

Nesta terça (29), o denunciante protocolou nova denúncia, desta vez contra o filho do prefeito, o vereador Kléber Lúcio de Lima (MDB), que teria consentido o ato do pai contra o colaborador da Santa Casa.

Martins pede a cassação do prefeito e o acusa de abuso de poder e de desvio de finalidade, além de perseguição por motivos políticos, com base nos incisos VII e X do artigo 4º do decreto-lei 201, de 1967. O ato normativo federal regulamenta o processo por crime de responsabilidade de prefeito e vereadores.

O inciso VII dispõe sobre praticar, contra expressa disposição de lei, ato de sua competência ou emitir-se da prática. Já o XX, de proceder de modo incompatível com a dignidade e o decoro do cargo.

Em relação ao vereador, o denunciante pede a sua cassação com base nos incisos I e III do artigo 7º do mesmo decreto-lei, que preveem que o vereador poderá perder o mandato caso utilize-se do mandato para a prática de atos de corrupção ou de improbidade administrativa e em caso de proceder de modo incompatível com a dignidade ou faltar com o decoro na sua conduta pública.

Leia também:   Estado de São Paulo registra 6,1 mil mortes por coronavírus neste domingo

Conforme a assessoria jurídica da Câmara, as denúncias serão encaminhadas para a deliberação em plenário na próxima sessão ordinária, que será realizada na terça-feira (5).

Anunciante

Para que as denúncias sejam recebidas pela Casa, são necessários seis votos favoráveis dos onze vereadores. Caso o plenário vote pelo recebimento, serão instaladas duas Comissões Processantes (CPs) e seus três integrantes (de cada uma) serão escolhidos por meio de um sorteio na mesma sessão.

A partir daí, é aberto um prazo para defesa e elaborado um parecer prévio das Comissões, com base nos depoimentos das partes, documentos e provas.

DENÚNCIAS

Esta é a terceira denúncia que o prefeito de Valparaíso enfrenta. A primeira, no final do ano passado, Lima teria descumprido determinação judicial sobre cargos comissionados.

A segunda, seria por nepotismo, pois o prefeito nomeou um parente para um cargo na autarquia de água e esgoto da cidade. Neste caso, o chefe do Executivo dispensou o contratado após ser orientado. As duas denúncias foram arquivadas.

Lima assumiu a Prefeitura de Valparaíso após o mandato do então prefeito Roni Ferrareze (PV) ser cassado pela Câmara. O motivo da cassação partiu da denúncia de um ex-secretário municipal, que acusou Ferrareze de tê-lo convidado a participar de um esquema para fraudar licitações.

OUTRO LADO

A assessoria do prefeito Lúcio Santo de Lima informou que ele ainda não tem conhecimento do teor da denúncia e que não iria se manifestar sobre o caso.

Anunciante

O vereador Kleber Lúcio de Lima também foi procurado, mas estava em uma reunião e não pôde falar com a reportagem.

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!

Mais lidas – 24H



CRIMINALIDADE

A madrugada deste domingo (24) foi bastante violenta em Birigui, com dois homicídios e uma tentativa, em diferentes regiões da cidade. Não se sabe...

Final Feliz

Policias militares do helicóptero Águia encontraram na manhã deste domingo (24), o eletricista aposentado Ricardo Podavini Bono, 44 anos, que estava desaparecido em Araçatuba...

HOMICÍDIO

Um homem de 26 anos foi morto a tiros no Jardim Vista Alegre, em Birigui, na madrugada deste domingo. O crime ocorreu na rua...

pandemia

O estado de São Paulo registra, neste domingo (24), 6.163 mortes pelo novo coronavírus, com 118 óbitos confirmados nas últimas 24 horas. Também já...

TENSÃO

Autoridades da China disseram neste domingo, 24, que as relações com os Estados Unidos estão “à beira de uma nova Guerra Fria” e que...

trafico

Um falso carro de reportagem da TV Record foi apreendido neste sábado (23/05), em Pinhão, município do interior do Paraná. O veículo transportava 462...

A partir de junho

A partir de junho, as agências dos Correios serão uma opção para quem quer fazer o cadastro para receber o auxílio emergencial do governo,...

POLÍTICA

O presidente Jair Bolsonaro foi a pé ao encontro de apoiadores neste domingo, 24, em Brasília, após sobrevoar uma carreata pró-governo na capital federal....

SOLIDARIEDADE

A dupla Luiz Henrique & Léo vai realizar neste domingo (24), às 15h, a segunda live show para levar entretenimento e música boa durante...

benefício

A partir de junho, as agências dos Correios serão uma opção para quem quer fazer o cadastro para receber o auxílio emergencial do governo, benefício...

COMPORTAMENTO

Pesquisa feita pela plataforma digital Icasei mostra que a pandemia do novo coronavírus causou queda expressiva no número de casamentos no Brasil. Segundo o...

acidente fatal

Um menino de 9 anos matou a irmã mais nova, de 7 anos, com uma arma artesanal do avô em Mariluz (PR) na tarde...

Anunciante
Anunciante
Anunciante