Oi, o que você está procurando?

SP

Agentes recebem treinamento para intervenção rápida em presídios

Servidores da Secretaria da Administração Penitenciária participaram de treinamento para gerenciamento de crise em presídios.

O curso teve 36 participantes e foi realizado no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Taiúva com a proposta de formar Células de Intervenção Rápida (CIR) para atuar em unidades prisionais da Coordenadoria da Região Noroeste (CRN).

Ministrado pela diretora do Centro de Capacitação e Desenvolvimento de Recursos Humanos da EAP, Katia Cilene Salles, o curso contou com aulas expositivas, dinâmicas de grupo e disciplinas teóricas.

“Eles aprendem a entrar na unidade prisional de forma segura, a fazer imobilização e algemação, uso de armamento e técnicas de tiro. A gente capacita. Contudo, com a intenção de que não seja necessário usar armas”, afirma Salles.

Para o coordenador da CRN, Carlos Alberto Ferreira de Souza, os agentes de segurança tiveram um treinamento que possibilitou intervir em casos de indisciplinas graves que poderiam ocorrer entre presos. “A importância de ter a CIR é justamente essa: a intervenção rápida, para que o diretor possa manter a segurança e a disciplina”, diz.

Células de Intervenção Rápida

A CIR foi instituída na Secretaria da Administração Penitenciária em 2009, por meio da Resolução SAP 155.

O treinamento busca desenvolver aptidões e atitudes do servidor, visando à prevenção da saúde mental, fortalecimento e valorização pessoal, bem como potencializar habilidades para resultados.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
31