CONECTE CONOSCO

violência

Vítima reage a assalto e toma arma de bandidos em Araçatuba

Publicado em

Arma e capuz foram apreendidos pela polícia após tentativa de assalto em Araçatuba


Um assalto quase terminou em tragédia na noite desta terça-feira (10), em Araçatuba. Dois homens encapuzados e armados de revólver, renderam uma família no bairro Lago Azul. Após luta corporal, as vítimas conseguiram tomar a arma dos assaltantes, que fugiram do local.

Durante o embate, um tiro foi disparado e atingiu uma janela. A arma e um capuz foi apreendido pela polícia, que tenta descobrir a identidade dos criminosos.

A tentativa de assalto ocorreu pouco depois das 22h na rua Alberto Gaspar. O morador, de 54 anos, foi rendido pelos dois bandidos na calçada da casa. Após anunciar o roubo, os criminosos levaram a vítima para dentro do quintal.

Neste momento, uma filha do morador, de 26 anos, percebeu a ação e fechou a porta da sala. Um dos bandidos deu um soco e chegou a quebrar um vidro da porta.

Em seguida, eles levaram a vítima para o fundo e entraram na residência por outra porta. Com ameaça de morte e agressão a golpes de coronhadas contra o morador, os bandidos exigiam dinheiro.

Em dado momento, pai e filha entraram em luta com os ladrões, momento em que a arma disparou e atingiu a janela. O morador chegou a ter a mão mordida pelo bandido que estava com a arma.

Na luta, os assaltantes foram desarmados e saíram correndo da casa. Um capuz preto ficou no local.

A Polícia Militar e o resgate do Corpo de Bombeiros foram acionados para atendimento da ocorrência. Apesar do susto e das ameaças, ninguém foi ferido gravemente.

DENÚNCIA

A polícia tenta localizar os criminosos. Informações sobre os envolvidos no crime podem ser passadas à polícia por meio dos telefones 190 e 197. O denunciante não precisa se identificar.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante

Urgente

Morre rapaz de 18 anos baleado no peito e na cabeça em Araçatuba

Publicado em

PM no local do crime, na rua Emília Santos, em Araçatuba (Foto: Silvio Romeiro/ Araçatuba Acontece)

Leonardo Henrique Silva Daora, o Leozinho, 18 anos, morreu na Santa Casa de Araçatuba, na tarde deste domingo (20). Ele havia sido baleado horas antes no bairro Rosele. A polícia procura envolvidos no homicídio. O crime ocorreu na Rua Emília Santos, na calçada da casa da vítima.

De acordo com as primeiras informações, o jovem teria sido atingido por pelo menos cinco tiros, no peito e a cabeça. O atirador chegou em uma moto e estava de capacete.

A vítima estava no quintal de casa mexendo em uma motocicleta. O acusado perguntou a um parente onde estava o Leonardo.

Ao ver o atirado, a vítima saiu correndo para fora de casa e foi baleada na calçada. Após atirar contra a vítima, fugiu em alta velocidade.

Mesmo ferido, o rapaz saiu correndo e tentou se abrigar na casa de um vizinho, onde caiu. Ele foi socorrido em estado gravíssimo pela viatura de resgate do Corpo de Bombeiros. O óbito foi constatado na Santa Casa.

Segundo o que foi apurado no local, uma das hipóteses é acerto de contas do tráfico. O corpo da vítima foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para exame necroscópico.

DENÚNCIA

Informações sobre envolvidos no crime podem ser passadas à polícia por meio dos telefones 190 e 197. O denunciante não precisa se identificar.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

Urgente

Rapaz de 18 anos é baleado no bairro Rosele, em Araçatuba

Crime ocorreu na frente da casa da vítima, na rua Emília Santos

Publicado em

Um rapaz de 18 anos, identificado como Leonardo Henrique Silva Daora, o Leozinho, foi baleado em Araçatuba na tarde deste domingo (20). O crime ocorreu na rua Emília Santos, bairro Rosele, na calçada da casa da vítima.

De acordo com as primeiras informações, o jovem teria sido atingido por pelo menos três tiros, dois no peito e um na cabeça. O atirador chegou em uma moto e estava de capacete.

A vítima estava no quintal de casa mexendo em uma motocicleta. O acusado perguntou a um parente onde estava o Leonardo.

Ao ver o atirado, a vítima saiu correndo para fora de casa e foi baleada na calçada. Após atirar contra a vítima, fugiu em alta velocidade.

Mesmo ferido, o rapaz saiu correndo e tentou se abrigar na casa de um vizinho, onde caiu. Ele foi socorrido em estado gravíssimo pela viatura de resgate do Corpo de Bombeiros e está internado na Santa Casa. A ocorrência está em andamento.

Segundo o que foi apurado no local, uma das hipóteses é acerto de contas do tráfico.

O Regional Press apura o caso e outras informações e imagens poderão ser publicadas a qualquer momento.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998
78