Fique ligado!

Caged

Região de Araçatuba perde 250 empregos com carteira assinada em julho

Publicado

em



A região de Araçatuba contrariou a tendência nacional e registrou um saldo de 250 demissões de trabalhadores com carteira assinada, no mês de julho.

Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (23) pelo Ministério da Economia e fazem parte do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Dos 14 municípios da região com mais de 10 mil habitantes que fazem parte da pesquisa, 9 fecharam o mês de julho com mais demissões do que contratações.

A situação mais crítica é de Guararapes, que teve 105 desligamentos, a maioria (85) na indústria sucroenergética.

O desempenho também foi negativo em Castilho, o com o fechamento de 79 vagas; Avanhandava (57); Ilha Solteira (56); Valparaíso (37); Buritama (36); Auriflama (13); Araçatuba (6) e General Salgado (4).

De outro lado, Andradina foi a cidade da região com o maior número de empregos gerados. Em julho, os setores de serviços, comércio e indústria de transformação contrataram 97 trabalhadores no município.

Os demais municípios que contrataram em julho foram Birigui, com 29 vagas abertas, após o fechamento de milhares de postos de trabalho nos meses anteriores; Mirandópolis (13); Penápolis (3) e Pereira Barreto (1).

Apesar dos números negativos em julho, o desempenho foi menos pior que o de junho, quando a região de Araçatuba fechou 1.051 postos de trabalho com carteira assinada.

PAÍS

Em todo o País, segundo o Ministério da Economia, foram geradas 43.820 vagas com carteira assinada em julho.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante
Anunciante
Band FM 96.9
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998