CONECTE CONOSCO

capacitação

Escola do Legislativo de Araçatuba oferece curso sobre a organização do Estado Brasileiro

Publicado em

Fotos: Angelo Cardoso


Visando à capacitação do cidadão quanto ao funcionamento da Administração Pública, a Câmara Municipal de Araçatuba deu início nesta quinta-feira (22/08) a um curso básico sobre a organização do Estado Brasileiro. Trata-se de mais uma atividade da Escola do Legislativo “Drª Zezé Bedran”, criada neste ano com o objetivo de fomentar conhecimento para a prática da cidadania.

O curso “Organização dos Poderes – como funcionam o Executivo, o Legislativo e o Judiciário” é voltado à comunidade, prioritariamente estudantes do ensino fundamental II e do ensino médio de escolas públicas e particulares da cidade. As duas primeiras turmas também são formadas por universitários, servidores municipais e estagiários do Poder Legislativo.

Ao todo, serão 16 horas de capacitação, divididas em quatro módulos, com direito à certificação para os participantes. Os encontros serão mensais, das 8h às 12h, no plenário do Poder Legislativo. São parceiros dessa iniciativa a FEA (Fundação Educacional Araçatuba) e a Diretoria Regional de Ensino.

MÓDULO I –

Nesta quinta-feira, a primeira turma do curso recebeu orientações sobre a organização político-administrativa da República Federativa do Brasil e uma visão geral da Administração Pública. As aulas do Módulo I ficaram sob a responsabilidade do presidente da Comissão de Ética e Disciplina da 28ª subseção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em Araçatuba, Marcelo Henrique Benes Inaco, e da juíza do trabalho aposentada Alcione Costa Gonçalves.

A abertura do curso foi feita pela presidente da Câmara, vereadora Tieza (PSDB), que falou sobre a Escola do Legislativo. “Para exercitarmos a cidadania, precisamos aprender. A Escola do Legislativo se dispõe a ensinar. Cabe a todos vocês a vontade de aprender e o dever de disseminar esse conhecimento para que o Brasil seja melhor”, dirigiu-se aos participantes.

Na próxima quarta-feira (28/08), o Módulo I será ministrado para a segunda turma inscrita nesta primeira edição do curso. Todas as atividades da Escola do Legislativo são transmitidas ao vivo pela TV Câmara (canal 6 do sistema Net de TV a cabo) e pelas redes sociais YouTube e Facebook, onde ficam armazenadas para consulta. Os links estão disponíveis no site www.camaraaracatuba.com.br. (Assessoria de Comunicação: Suzy Faria)

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante

educação

Etecs prorrogam inscrições do Vestibulinho para 1º semestre de 2020

Publicado em

O prazo de inscrição do processo seletivo das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) foi prorrogado até as 15 horas da próxima quinta-feira (14). Os candidatos devem se inscrever exclusivamente pelo site www.vestibulinhoetec.com.br. O exame será no dia 15 de dezembro.

Para o primeiro semestre de 2020, o Vestibulinho oferece 86.939 vagas, distribuídas entre os Ensinos Médio, Técnico, Integrado e Especialização Técnica.

As vagas são destinadas às Etecs e às classes descentralizadas (unidades que funcionam com um ou mais cursos, sob a administração de uma Etec) por meio de parcerias com as prefeituras do interior e da Capital (aulas nos CEUs) e com a Secretaria estadual da Educação para oferta do Ensino Técnico e Integrado.

Além das 48.883 vagas para os cursos técnicos modulares, oferecidos das modalidades presencial, semipresencial e online, o candidato poderá escolher entre diversas opções do Ensino Integrado, que totalizam a oferta de 34.141 vagas, distribuídas entre as seguintes modalidades:

Ensino Técnico Integrado ao Médio (Etim)
Ao estudar o Ensino Médio e o Técnico juntos, em tempo integral, o estudante vai fortalecer seu aprendizado básico com as habilidades profissionais. São oferecidas 18.534 vagas. Desse total, 530 são destinadas às escolas estaduais por meio do Programa Vence, parceria com a Secretaria da Educação do Estado. Entre os 28 cursos do Etim deste processo seletivo, um é novo: Agronegócio.

Novotec Integrado
O candidato pode optar por duas modalidades de certificação, o Ensino Médio com Habilitação Técnica Profissional e o Ensino Médio com Qualificação Profissional. As 14.451 vagas estão distribuídas entre 27 cursos, sendo dois de qualificação.
Outras 1.156 vagas estão destinadas à Articulação da Formação Profissional Média e Superior (AMS).

Por esta opção, o aluno poderá completar em cinco anos os Ensinos Médio, Técnico e Superior Tecnológico (normalmente, são necessários seis anos). O ingresso neste Vestibulinho ocorre pelo Ensino Médio com Habilitação Técnica Profissional em um dos quatro cursos: Administração, Logística e Química – todos novos – além de Desenvolvimento de Sistemas

Novas modalidades no Ensino Médio
As Etecs oferecem 2.570 mil vagas para o Ensino Médio regular e 550 vagas divididas entre as três opções de formação adequadas às orientações da Reforma do Ensino Médio: o Ensino Médio com ênfase em Linguagens, Ciências Humanas e Sociais (350 vagas); Ensino Médio com ênfase em Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde (80 vagas); e Ensino Médio com ênfase em Ciências Exatas e Engenharia (120 vagas).

Cadastro reserva para acesso às vagas remanescentes

O processo seletivo oferece vagas remanescentes de segundo módulo disponíveis para nove cursos técnicos: Administração, Desenvolvimento de Sistemas, Edificações, Eletrotécnica, Logística, Mecânica, Nutrição e Dietética, Recursos Humanos e Segurança do Trabalho.

Os interessados devem ter concluído o Ensino Médio e ter experiência profissional na área do curso, mediante avaliação e certificação de competências referentes ao primeiro módulo. Estudantes também podem se inscrever para acesso às vagas remanescentes do segundo ano do Ensino Médio, desde que tenham completado o primeiro ano desse ciclo.

Especialização de nível médio

O Vestibulinho traz como novidade o curso inédito de Gestão de Projeto a distância, na modalidade online, com 300 vagas. Outras 495 vagas são para dez cursos de especialização presenciais: Desenvolvimento de Aplicativos para Smartphones; Enfermagem no Atendimento em Urgência e Emergência Intra e Extra-Hospitalar; Enfermagem do Trabalho; Gestão Ambiental; Gestão de Energia; Gestão de Unidades de Alimentação e Nutrição; Logística Reversa; Organização de Eventos Corporativos; Produção Cultural (novo); e Radiocomunicação.

Para se candidatar a uma vaga dos cursos de especialização presenciais, o candidato deve ter concluído o Ensino Médio e também ter cursado integralmente o Ensino Técnico associado ao curso de especialização, conforme relação disponível no site.

Os que desejam fazer o curso de especialização online precisam ter concluído o Ensino Médio e qualquer curso técnico ou superior.

Inscrições

Para concorrer a uma das vagas do Vestibulinho para o Ensinos Médio Regular, Médio com ênfase, Novotec Integrado, AMS, Técnico Integrado ao Médio e primeiro termo do Técnico Integrado na modalidade EJA, o candidato deve ter certificado de conclusão do Ensino Fundamental ou o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Os que pretendem fazer o Ensino Técnico precisam ter concluído ou estar cursando a partir do segundo ano do Ensino Médio. O candidato que concluiu ou está cursando o ensino da EJA ou o Encceja deve ter o certificado de conclusão do Ensino Médio, declaração de que está matriculado a partir do segundo semestre da EJA, ou ter dois certificados de aprovação em áreas de estudos da EJA ou boletim de aprovação do Encceja enviado pelo MEC ou certificado de aprovação do Encceja em duas áreas de estudos avaliadas.

Para se inscrever é necessário preencher a ficha de inscrição eletrônica e imprimir o boleto bancário para pagamento da taxa de R$ 30. O valor deve ser pago em dinheiro, em qualquer agência bancária ou via internet por meio do banco do candidato ou ainda pela ferramenta Getnet (pagamento com cartão de crédito), disponível na internet.

No ato da inscrição para a primeira série do Ensino Integrado, Médio em todos os seus formatos e no primeiro módulo do Ensino Técnico, presencial e semipresencial, é possível colocar como segunda opção outro curso ou período desde que oferecido na mesma unidade para a qual o candidato vai se inscrever.

O Manual do Candidato com as informações sobre o processo seletivo está disponível no site para download.

Inclusão social

O Sistema de Pontuação Acrescida concede bônus de 3% a estudantes afrodescendentes e de 10% a candidatos oriundos da rede pública. Caso o aluno se enquadre nas duas situações, obtém 13% de bônus.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

DECISÃO

Justiça exclui pontos da CNH de multa emitida pela Arapark

Publicado em

O juiz de Direito José Daniel Dinis Gonçalves, da Vara da Fazenda Pública de Araçatuba, excluiu da somatória dos pontos da Carteira Nacional de Habilitação uma multa da zona azul da cidade, emitida pela empresa Arapark, e evitou que um motorista tivesse a CNH suspensa.

A decisão atende ao pedido de tutela de urgência em ação ajuizada pelo despachante e advogado Eugênio Pedro Bibiano Timóteo, que argumentou tratar-se de uma multa administrativa. A sentença é do dia 29 de outubro.

Em sua decisão, o magistrado cita que, de acordo com jurisprudência do STJ (Superior Tribunal de Justiça), não é razoável suspender o direito de dirigir de um condutor em razão de falta administrativa que não esteja relacionada com a segurança no trânsito.

No caso do motorista que ajuizou a ação, a falta cometida foi estacionar em desacordo com a regulamentação, infração prevista no artigo 181, inciso XVII, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Conforme Timóteo, seu cliente somava 24 pontos na CNH, que estava suspensa. Destes 24, 5 eram referentes à multa emitida pela Arapark. Com a anulação, ele passou a ter 19 pontos na carteira — a suspensão ocorre quando o motorista atinge os 20 pontos.

“Nós argumentamos que a multa é meramente administrativa e não pode causar um dano desse porte, pois meu cliente usa o carro para trabalhar”, explicou o advogado e despachante.

Dentre outras multas consideradas administrativas e que podem ter os pontos anulados na CNH, conforme Timóteo, as emitidas por falta de licenciamento, andar com pneu careca e zona azul, diferentemente da multa de infração de trânsito, quando a pessoa está conduzindo o veículo.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998