Connect with us

Soldador é preso após agredir a irmã e um policial militar em Araçatuba

Publicado

em

Imagem ilustrativa


Um soldador de 30 anos, morador no Jardim do Trevo, zona norte de Araçatuba, foi preso em flagrante acusado de violência doméstica, lesão corporal e desacato, no final da tarde deste domingo. Ele agrediu a irmã, uma manicure de 25 anos e a ameaçou de morte. Depois desacatou e ameaçou policiais que foram atender a ocorrência e acabou lesionando a mão de um deles ao tentar resistir à prisão.

A manicure foi ao plantão policial registrar um boletim de ocorrência contra seu irmão. Ela havia levado um soco no olho e o irmão disse que iria mata-la, sendo que teria um revólver de calibre 38 em sua casa.

A PM foi acionada para ir até a residência do acusado verificar a denúncia de que ele teria uma arma em casa. Chegando no local, a esposa do soldador negou que ele tivesse arma e autorizou a entrada dos policias, que fizeram uma busca e não encontraram nada.

Os PMs pediram para a mulher chamar o marido, que estava dormindo. Ela pediu que os próprios policiais fossem até o quarto para chama-lo. No entanto, quando os policiais o chamaram, ele ficou exaltado e começou a xingar e ofender os militares, além de mandar eles tirarem a farda para enfrentá-lo.

O soldador foi informado que seria preso em flagrante por desacato, e tentou resistir. Um dos policiais, ao tentar dominá-lo, acabou sofrendo uma lesão na mão. Foi preciso utilizar gás pimenta e algemas para conter o acusado, que foi levado ao plantão policial e ficou preso, à disposição da Justiça, por desacato, lesão corporal e ameaça.


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
Anunciante
Anunciante
Band FM 96.9
error: Conteúdo protegido. LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998