Oi, o que você está procurando?

Dois meses após a morte do pai, filho especial morre de pneumonia, aos 26 anos

Pouco mais de dois meses após a morte do pai, o jovem Igor Teruel dos Santos, 26 anos, morreu na manhã desta segunda-feira (1º), na Santa Casa de Araçatuba, vítima de pneumonia. Ele era filho do comerciante Orivaldo Rodrigues dos Santos, o “tio da Coxinha”, assim conhecido por vender salgados para complementar a renda familiar.

Seu Orivaldo ficou conhecido por seu amor ao filho especial, que adotou ainda bebê, há 26 anos, após criar duas filhas. Igor nasceu com paralisia cerebral e foi abandonado pela mãe biológica. Ele faria 27 anos em setembro deste ano. Dedicado, o pai adotivo criou o menino com muito amor, ao lado da esposa, Edna Teruel.

O pai chegou a transformar um cômodo de sua casa em uma discoteca, para alegrar o filho, que era apaixonado por música. Nos últimos dias, porém, Igor não queria mais ouvir música. “Ele pedia pra gente desligar. A gente percebia que ele estava triste, com saudade do pai”, conta a mãe.

A ligação dos dois era realmente muito forte. O pai fazia de tudo para realizar os sonhos do filho. Em 2011, o levou para assistir a grandes shows, como os do festival SWU, em Paulínia, que reuniu nomes importantes da música internacional, como Snoop Dogg e Black Eyed Peas, entre outros artistas do mundo pop.

O diagnóstico de pneumonia foi feito no dia 22 de março, quando foi internado na Santa Casa de Araçatuba. Ele faleceu por volta das 7h desta segunda-feira. Seu Orivaldo faleceu no dia 24 de janeiro deste ano.

Igor deixa a mãe, Edna, e as irmãs Kátia e Antônia. O velório está sendo realizado na capela da Funerária Cardassi da Avenida Prestes Maia. O sepultamento está marcado para as 8h, no Cemitério Recanto de Paz.

 

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!