CONECTE CONOSCO

VAGA DE EMPREGO

Usina inicia recrutamento para contratação de 400 trabalhadores para a próxima safra

Publicado em



A Usina da Mata, com sede em Valparaíso, inicia nesta quarta-feira (9) um processo de recrutamento em seis cidades da região de Araçatuba para a contratação de 400 trabalhadores para a safra 2019/2020, que terá início em abril.

Nesta quarta-feira (9), funcionários da unidade estarão no Centro de Integração e Capacitação de Mirandópolis, que funciona ao lado da Prefeitura, das 8h às 16h, para receber currículos.

Segundo a diretora do Departamento de Desenvolvimento Econômico de Mirandópolis, Rose Ferreira, são esperadas mais de mil pessoas no recrutamento desta quarta-feira, a exemplo do que ocorreu no ano passado, quando 1.300 trabalhadores de Mirandópolis levaram seus currículos para trabalhar na usina.

Há vagas disponíveis para várias funções, como tratorista; motorista de caminhão transbordo (CNH categoria D); motorista rodotrem (CNH categoria E); motorista calda pronta (é necessário possuir curso de Mopp); motorista de comboio; borracheiro e borracheiro motorista (categoria D).

A usina vai contratar também eletricista de manutenção automotiva; soldador de manutenção automotiva; mecânico de máquinas agrícolas; auxiliar de serviços gerais; auxiliar administrativo (habilidade avançada em Excel); operador de máquinas pesadas (pá carregadeira, patrol – CNH categoria D) e operador de colhedeira de cana (CNH categoria D).

Após receber os currículos, a empresa fará uma seleção para marcar as entrevistas com os candidatos. A contratação deve ser feita a partir de março.
Depois de Mirandópolis, o recrutamento será feito em Guararapes, nesta quinta-feira (10); em Bento de Abreu e Lavínia, na sexta-feira (11); em Valparaíso, na segunda-feira (14); e em Lavínia, na terça (15).

USINA

A Usina da Mata foi fundada em 2006, com a junção dos grupos AGP Negócios e Participações S/A e Brasif Fundo de Investimento e Participações. Suas operações tiveram início em 2008, com o plantio e moagem de cana-de-açúcar, fabricação de açúcar, etanol, levedura e geração de energia.
A empresa gera cerca de 1.900 empregos diretos e, na safra 2018/2019, processou 3.232.067 toneladas de cana para a produção de etanol e açúcar.

SERVIÇO

Em Mirandópolis, o recrutamento da Usina Da Mata será feito das 8h às 16h, no Centro de Integração e Capacitação, localizado na Rua Dom Pedro, 1.202, Centro), ao lado da Prefeitura.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!
Fonte:
Anunciante

IGREJA CATÓLICA

Corpus Christi tem missas por toda a Diocese

Publicado em

A solenidade do Corpo e Sangue de Cristo, Corpus Christi, tem missas por toda a diocese nesta quinta-feira (20). As paróquias adotaram gestos concretos para marcar o dia voltado para exaltação e adoração do Cristo presente na Sagrada Eucaristia.

Em cidades como Araçatuba e Andradina, os fiéis que participarem das missas poderão fazer um gesto concreto antes das missas. Eles são motivados em suas comunidades a doarem um quilo de alimento não perecível. Todos os alimentos arrecadados serão repassados para os trabalhos pastorais que cuidam de pessoas carentes.

Em Araçatuba, a doação pode ser feita na entrada do Ginásio de Esportes Plácido Rocha, onde ocorre a missa em nível municipal, às 16h. Essa missa será presidida pelo bispo Dom Sergio Krzywy e concelebrada por todos os padres da cidade.

Após a missa, o bispo conduz o Santíssimo Sacramento por pelo menos um quilômetro, como gesto público de adoração. A procissão será percorrida até a Praça João Pessoa, onde será ministrada a bênção solene.

ANDRADINA

Em Andradina, a missa ocorre na Paróquia Nossa Senhora das Graças, às 17h, reunindo tanto os fiéis locais quanto os que pertencem à Paróquia São Sebastião. Em seguida, todos vão em procissão para a igreja matriz da cidade, onde será feita a bênção do Santíssimo Sacramento.

A paróquia salienta que os alimentos que podem ser doados são açúcar, leite e óleo, os quais serão repassados para as entidades do município andradinense.

As demais paróquias e comunidades das 19 cidades da Diocese terão missas também. A programação completa está no Facebook da Diocese de Araçatuba (facebook.com/dioceseata.oficial)

PROGRAMAÇÃO DAS MISSAS

16 h – Missa no Ginásio de Esportes Plácido Rocha presidida pelo bispo Dom Sérgio Krzywy e concelebrada por todos os padres da cidade.
Catedral Nossa Senhora Aparecida 10h
Paróquia Sant’Ana 9h
Paróquia Senhor Bom Jesus da Lapa 10h30
Paróquia  Imaculado Coração de Maria (Paraíso) 9h
Paróquia Santuário São João 10h
Paróquia N.S de Fátima 9h
Paróquia São Francisco e Santa Clara (Pinheiros) 20h
Paróquia Divino Espírito Santo 8h
Paróquia São Sebastião 8h
Paróquia Santo Antônio de Pádua Não tem
Paróquia São Paulo Apóstolo Não tem
Paróquia São Francisco de Assis (Guanabara) Não tem

 

FIÉIS PRODUZEM OS TRADICIONAIS TAPETES

Além das missas, os fiéis também produzem os tradicionais tapetes em cada uma das paróquias da Diocese.

Em Araçatuba, as 12 paróquias novamente farão os trabalhos entre o Ginásio Municipal, de onde sai a procissão, até a Praça João Pessoa. Os materiais artesanais salientam a Eucaristia, a devoção a Nossa Senhora e também elementos de fé da Igreja. Este ano os fiéis também são motivados a lembrarem do Jubileu de Prata da Diocese de Araçatuba.

Os fiéis chegam ainda de madrugada para a confecção dos tapetes. E já no final da manhã é possível contemplar a beleza e o cuidado de cada comunidade, que usa materiais diversos para a produção, como pó de café, palha, serragem colorida, sal grosso colorido, tampinhas e outros materiais aproveitados. Em média, as paróquias estão juntando os materiais há seis meses.

Em Araçatuba, o Conselho Regional de Pastoral (CRP) salienta que em caso de tempo chuvoso não haverá a confecção dos tapetes. As paróquias já foram orientadas também.

No entanto, a previsão do tempo do Ipmet (Instituto de Pesquisas Meteorológicas), da Unesp, a massa de ar seco presente na região de Araçatuba deve permanecer nesta semana, o que inibe o tempo chuvoso.

A DATA

Segundo o padre Edson Barbosa, vigário da Paróquia Nossa Senhora das Graças e da região Pastoral de Andradina, a elaboração dos tapetes é uma tradição herdada de Portugal, ainda na colonização do Brasil, embora realizada em diversos cantos do mundo.

“Hoje os tapetes são expressões de arte onde o povo de Deus manifesta carinhosamente, com desenhos eucarísticos, sua expressão de amor à Eucaristia. E é exclusivamente por eles que o Santíssimo passa durante as procissões a serem realizadas”, afirma.

Ainda de acordo com o vigário, a festa de Corpus Christi surgiu no Século 13, quando Santa Juliana de Mont Cornillon, então uma freira agostiniana belga, revelou visões de Cristo pedindo que se mostrasse a necessidade de uma festa onde a Eucaristia fosse apresentada ao povo. A festa logo se espalhou pela Diocese de Liege e por toda a Bélgica. Ouvindo esse desejo, o papa Urbano 4º instituiu a solenidade, em 1264.

“A Solenidade de Corpus Christi é celebrada anualmente na quinta-feira posterior ao Domingo da Santíssima Trindade. É a única festa em que o Santíssimo Sacramento sai de dentro da igreja para uma procissão púbica, como vemos todos os anos nas cidades de nossa diocese”, explica.

Barbosa ainda recorda as palavras do papa emérito Bento 16 sobre a festividade. “A solenidade do Corpo e Sangue de Cristo convida-nos a contemplar o mistério supremo da nossa fé: a Santíssima Eucaristia, presença real do Senhor Jesus Cristo no Sacramento do Altar. Cada vez que o sacerdote renova o sacrifício eucarístico, na oração da consagração, ele repete: ‘Este é o meu corpo … este é o meu sangue’. Ele empresta sua voz, as mãos e o coração a Cristo, que quis permanecer conosco e ser o coração da Igreja”.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

COMÉRCIO

Lojas de rua não abrem no feriado por consenso entre os sindicatos dos trabalhadores e o patronal

Publicado em

O comércio varejista de rua de Araçatuba não abre nesta quinta-feira (20), dia de Corpus Christi, porque não consta do calendário de feriados escolhidos pelos comerciantes. Os cinco feriados escolhidos para o funcionamento do comércio de rua foram 7 de setembro, 12 de outubro, 15 e 20 de novembro e 2 de dezembro e constam da convenção coletiva de trabalho (CCT 2018/19), pactuada entre os sindicatos dos trabalhadores e o patronal em novembro passado.

Fazem parte da CCT os direitos e obrigações dos trabalhadores do comércio e das empresas. “O que está na CCT tem de ser respeitado e o feriado de Corpus Crhisti está fora do calendário”, esclarece o presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Araçatuba, José Carlos dos Santos, ressaltando que a CCT tem força de lei. Pelo lado patronal, CCT foi assinada pelo representante legal, Gener Silva, presidente do Sindicato do Comércio.

Nos cinco feriados em que o comércio está autorizado, o funcionamento das lojas de rua é das 9h às 15h. Também constam da CCT, os direitos dos comerciários que trabalharem nos feriados: diária de R$ 99,00 a ser paga em dinheiro no final do expediente, horas extras com acréscimo de 60%, alimentação ou vale no valor de R$ 22,00 e uma folga dentro de 30 dias após o feriado, sem prejuízo dos salários.

Os menores de idade e as gestantes só podem trabalhar mediante manifestação por escrito (do responsável, no caso do menor).

SHOPPINGS

Um aditamento à CCT, firmado entre os sindicatos, permite que as lojas dos shoppings de Araçatuba funcionem em mais feriados neste ano: 5 de março, 19 e 21 de abril, 20 de junho, 9 de julho, 7 de setembro, 12 de outubro, 15 e 20 de novembro e 2 de dezembro, das 13h às 19h.

A diária a ser paga aos comerciários que trabalharem nestes feriados é de R$ 107,00, em dinheiro, no final do expediente, e as extras devem ser remuneradas com acréscimo de 100%.

Os comerciários também têm direito a alimentação de boa qualidade, folga dentro de 30 dias após o feriado trabalhado (se marido e mulher trabalharem na mesma empresa, devem gozar juntos o dia a ser compensado). A cada dois feriados trabalhados, o funcionário tem de folgar no terceiro. Os benefícios não trazem nenhum prejuízo ao salário.

SUPERMERCADOS

Os mercados, supermercados, minimercados e hipermercados podem trabalhar em todos os feriados, exceto 25 de dezembro, 1º de janeiro e 1º de maio.  Estes estabelecimentos definem o horário de funcionamento, desde que a jornada de trabalho do comerciário não ultrapasse seis horas.

Se a jornada for superior a 6 horas, o tempo excedente tem de ser remunerado com acréscimo de 150%; a diária, em dinheiro, a ser paga no final do expediente é de R$ 68,00; a compensação pelo feriado trabalhado tem de ser dentro de 60 dias (se o funcionário concordar, a folga pode ser paga como extra com acréscimo de 200% das horas normais). Se marido e mulher trabalharem no mesmo estabelecimento, a folga tem de ser no mesmo dia.

Os mercados, minimercados, super e híper também são obrigados a fornecer alimentação de boa qualidade.  Da mesma forma que no comércio de rua e de shoppings, os benefícios aos trabalhadores dos mercados não causam nenhum prejuízo aos salários.

O presidente do Sincomerciários informa que em caso de dúvida, o trabalhador deve agendar um horário com o departamento jurídico pelo telefone (18) 3301-9374.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO

OBRAS

Prefeitura inicia recape da rua Tiradentes

Publicado em

As obras de recapeamento asfáltico na rua Tiradentes já começaram, no trecho entre as ruas Campos Sales e Rio de Janeiro. O investimento neste trecho é de R$218.093,28.

As ordens de serviço foram assinadas na última sexta-feira (14), pelo prefeito Dilador Borges, e autorizaram a empresa Consdon Engenharia e Comércio LTDA. a prover obras de recapeamento asfáltico em dois lotes.

Também serão recapeados trecho da rua Quinze de Novembro, entre a rua Prudente de Moraes e a Avenida dos Araçás, e da rua Campos Sales, entre a Praça Rui Barbosa e a rua Tiradentes. Nesta etapa, o investimento é de R$ 451.244,16.

No total, serão investidos R$ 669.337,41, com prazo de 90 dias.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!
CONTINUE LENDO
92