Oi, o que você está procurando?

Manifestações contra reajuste do IPTU tomam conta das redes sociais e grupo faz até panfletagem

Essa semana as redes sociais foram tomadas por memes e vídeos de pessoas indignadas com o reajuste de 44% no valor venal dos imóveis em Araçatuba, que acarretará em aumento no IPTU tendo em vista que o imposto é calculado com base na alíquota de 1,3% deste valor. O aumento proposto incialmente pelo prefeito Dilador Borges era de 45%. Posteriormente, após uma série de manifestações, foi apresentado projeto de lei propondo reajuste de 20% para 2018 e mais 20% para 2019, o que resultaria em aumento de 44% levando-se em conta os juros sobre juros. Na manhã deste sábado um grupo fez panfletagem no calçadão, na mesma hora em que o prefeito reunia seu grupo político para rediscutir o assunto.

Conforme matéria do regionalpress, ficou decidido que o projeto terá apenas o reajuste de 20% para 2018. Veja matéria https://www.rp10.com.br/2017/11/04/prefeitura-recua-em-reajuste-do-iptu-mas-fala-em-novo-projeto-para-2019/

A página do MBL (Movimento Brasil Livre) Araçatuba se manifestou contra a proposta. Um vídeo convocando a população para comparecer na Câmara na próxima segunda-feira também tomou conta do facebook e whatsapp. Muitos internautas utilizaram a foto do perfil do facebook para colocar uma manifestação contra o aumento.

Um grupo denominado Unidos por Uma Araçatuba Melhor (Uname) fez uma panfletagem no calçadão contra o projeto de reajuste, convocando a população para comparecer nesta segunda-feira no Legislativo.

Na semana passada, apesar dos convites nas redes sociais para uma manifestação na Câmara, quando o projeto começou a tramitar, não houve nenhuma adesão. Até as pessoas que pareciam liderar o movimento compareceram.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!