Oi, o que você está procurando?

Número de mortes em acidentes de trânsito cai 2,2% no Estado

O número de mortes em acidentes de trânsito no Estado de São Paulo caiu 2,2% no período de janeiro a setembro deste ano, conforme levantamento divulgado nesta quinta-feira, 26, em evento realizado no Palácio dos Bandeirantes.

Do total de acidentes registrados, 61,5% envolvem pedestres e motociclistas, dado que leva o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito a planejar ações específicas para esse grupo.

As informações constam de relatório do sistema de dados SigaSeguro, que concentra e orienta as ações do Estado para redução do número de mortes nos municípios paulistas.

Elas foram divulgadas durante a realização do II Fórum de Melhores Práticas em Segurança no Trânsito. De janeiro do ano passado até agora são 434 mortes a menos.

De acordo com o sistema de dados que acompanha mensalmente as estatísticas de acidentes de trânsito nos 645 municípios paulistas, o número de vítimas fatais de janeiro a setembro 2017 foi de 4.218 contra os 4.313 óbitos verificados no ano anterior. A maioria dos acidentes ocorre nas cidades e vitimam principalmente os motociclistas, que representam 33,3% dos óbitos.

Os números indicam ainda aumento de 10,7% no número de acidentes envolvendo motociclistas, de 2017 para 2016, e redução de 21,9% nas ocorrências com pedestres. Entre os motociclistas, os homens formam a a maioria das vítimas, 88%, com predominância, 42%, de jovens entre 18 e 29 anos. Já entre os pedestres, os idosos constituem um terço das vítimas.

O número de acidentes sem vítimas também caiu. De janeiro a setembro de 2017, foram registradas 134.946  ocorrências contra 144.084 durante o mesmo período de 2016, redução de 6,3%.

Em setembro deste ano o número de acidentes caiu 9.1% em relação ao mesmo mês de 2016, de 14.787  para 16.268 acidentes.

No Estado de São Paulo, o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito congrega Governo e Sociedade Civil no esforço para reduzir pela metade o número de óbitos no trânsito até 2020.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!