Oi, o que você está procurando?

“Um brilho no olhar”- 40 anos do Ritinha Prates

Um brilho no olhar

*Artigo de Cida Nascimento Xavier

Este é o ano do 40º aniversário da Associação de Amparo ao Excepcional Ritinha Prates (AAERP), fundada em 23 de outubro de 1977 pelo meu pai, José Américo do Nascimento, juntamente com seu amigo Elpídio Pedro. Tem sido uma longa batalha travada diariamente para manter os serviços de saúde que o Ritinha oferece. Fazer isso sustentando o padrão de qualidade que temos como missão é ainda mais trabalhoso. Entretanto, não é motivo de lamentação para as pessoas que atuam no Ritinha ou para quem já passou por lá. Fazemos isso com amor e alegria, pois é nossa paixão e temos consciência da importância de sua existência.

A presença das entidades assistenciais sem fins lucrativos no Brasil é fundamental para garantir qualidade de vida à população. De acordo com o IBGE, somos cerca de 15 mil. Mais da metade delas (52%) está na região sudeste, onde se concentra a maior parte da população brasileira (35,3%). O público alvo da maioria é a família, porém, apenas 28,9% dedicam atendimentos a pessoas com deficiência.

Durante estes 40 anos a Associação conquistou vários reconhecimentos e isso permitiu que firmássemos convênios com o poder público. Além do Hospital Neurológico, também temos o Centro Especializado em Reabilitação III, que presta atendimento nas áreas auditiva, física e visual. Não teríamos chegado até aqui sem o apoio de empresas amigas, tão importantes parceiros que garantiram nossa continuidade ao longo de décadas. Isso impacta diretamente no que podemos oferecer aos nossos 60 internos e aos atendidos, vindos dos 40 municípios da região.

Todos esses apoios se concretizaram devido ao sério trabalho que o Ritinha entrega para a comunidade. E o fato de recebermos doações de pessoas não ligadas a empresas ou governos nos enche de felicidade, pois estão depositando carinho e fé naquilo que nos propomos a fazer: ser uma instituição de saúde reconhecida por sua excelência em atender pessoas com deficiência.

Cada doação é um voto de confiança. O papel do poder público nesta história e a parceria das empresas é essencial, mas o Ritinha não existiria se não fosse a confiança da população. Contemplo, todos os dias, a humanidade acontecer em gestos dos mais delicados, discretos e singelos aos mais vibrantes e entusiasmados. Os padrinhos e madrinhas dos nossos internos são exemplos disso, bem como os voluntários que trabalharam nesta construção, os que participam dos nossos eventos e promoções.

Por isso, quero convidar quem ainda não conhece o Ritinha Prates para uma visita. Acredito que a transparência é importante, principalmente para uma entidade que se mantém também com doações. Você encontra em nosso site (ritinhaprates.org.br) prestações de contas, relatórios e demonstrações contábeis, assim como também a página sobre como colaborar. Se ainda estamos aqui após 40 anos é por que alguém ainda precisa deste atendimento. Neste ano de aniversário tenho uma comemoração íntima, pois completo 25 anos à frente do Ritinha. Resumo essa história em um nome: Deus, que nos põe todos os dias um brilho de esperança no olhar.

*Cida Nascimento Xavier é presidente da Associação de Amparo ao Excepcional Ritinha Prates

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!